Outras Notícias

conferência

  •  

    Em 1 de Agosto de 1975, representantes de 35 países (33 da Europa, mais os EUA e Canadá) subscreveram, em Helsínquia, a Acta Final da Conferência sobre Segurança e Cooperação na Europa, culminando um processo iniciado dois anos antes. Pela primeira vez na história, um tão elevado número de países convergiu em torno de um importante conjunto de princípios reguladores das relações internacionais, segurança colectiva e desenvolvimento de relações de cooperação entre os Estados, entre os quais se destacam matérias tão relevantes quanto: a igualdade soberana dos Estados; a não intervenção nas questões internas dos Estados; a resolução pacífica dos diferendos internacionais; o respeito pelos direitos humanos e liberdades fundamentais; ou a igualdade de direitos e a autodeterminação dos povos.

  • conferencia internacional contra as bases militares dos eua nato 1 20181125 1951938898

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) participa, este fim de semana, na Conferência Internacional contra as bases militares dos EUA/NATO.

    Esta conferência surge a partir de um movimento lançado nos EUA pela Coligação Contra as Bases Militares dos EUA (composta por diversas organizações de defesa da paz, do ambiente e dos direitos sociais), a que se associaram diversas organizações de todo mundo como sejam o Conselho Mundial da Paz ou o CPPC.

    A Presidente da Direcção Nacional do CPPC, Ilda Figueiredo, será uma das oradoras convidadas.

    Acompanhe a conferência em directo:

    Sexta-feira, 16 de Novembro, 2018:
    https://www.youtube.com/watch?v=XF4TXgsRYb8

    Sábado, 17 de Novembro, 2018:
    https://www.youtube.com/watch?v=W0-IQIWNFpI

    Domingo, 18 de Novembro, 2018:
    https://www.youtube.com/watch?v=qEXUNcXXFLc

  • Decorreu, esta quarta-feira 19 de Outubro em Setúbal, a conferência “Venezuela e a Revolução Bolivariana”, iniciativa inserida na Semana Cultural da Venezuela.

    Na mesa da conferência participaram o Embaixador da República Bolivariana da Venezuela em Portugal General em Chefe Lucas Rincón Romero e Luís Carapinha, perito em assuntos internacionais e membro do CPPC.

    As intervenções abordaram o alcance das conquistas políticas e sociais da Revolução Bolivariana, o contexto em que esta se desenvolve, as dificuldades que enfrenta face a uma guerra mediática e económica promovida por grupos de extrema direita nacionais cúmplices da ingerência dos EUA, mas também o firme compromisso, do povo venezuelano que deseja construir um mundo melhor e uma pátria mais humana, em continuar e aprofundar a Revolução Bolivariana.

    A sessão contou ainda com a presença do Sr. Presidente da União de Freguesias de Setúbal, de representantes de várias organizações portuguesas e de membros do corpo diplomático.

    Na final da conferência o Sr. Embaixador Lúcas Ríncon entregou ao CPPC um conjunto de livros sobre o pensamento Bolivariano.

    A próxima iniciativa Semana Cultural será na sexta-feira 21 de Outubro com a exibição do filme venezuelano “Una Mirada al Mar”.

     

  • Sim à Paz! Não à NATO!

    Intervenção de Helena Casqueiro, membro da Presidência do CPPC, na conferência "Sim à Paz! Não à NATO!", promovida pelo Conselho Mundial da Paz, no dia 24 de Maio de 2017 em Bruxelas.

    Queridos amigos,

    Recebam, antes de mais, uma saudação fraterna do Conselho Português para a Paz e Cooperação.

    Estamos muito satisfeitos por poder estar aqui em Bruxelas e partilhar convosco estas iniciativas da INTAL e do CMP, pela a Paz e contra a NATO.

    Gostaríamos de felicitar a INTAL pela iniciativa de ontem e pelo seu trabalho de organização que nos permitiram estar aqui hoje dando expressão à Campanha "Sim à Paz! Não à NATO!", afirmando a nossa condenação da NATO, como um bloco militarista agressivo, a principal ameaça à paz mundial dos nossos dias, e a rejeição dos objetivos beligerantes da sua Cimeira de Bruxelas.

  • De 27 de Abril corrente a 22 de Maio próximo, tem lugar na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, a nona Conferência de Revisão das Partes aderentes ao Tratado de Não-proliferação das Armas Nucleares. Foi designado para presidir à Conferência Taous Feroukhi, embaixador da Argélia junto da ONU.

    O Tratado das Armas Nucleares (TNP ou NPT, na sigla em língua inglesa) é um tratado internacional cujo objectivo é o de a prevenir a difusão no seio da comunidade internacional, das armas nucleares e de quaisquer aplicações tecnológicas dirigidas ao fabrico e desenvolvimento dessas armas. O Tratado visa, simultaneamente, promover a cooperação internacional no desenvolvimento da utilização da energia nuclear para fins pacíficos e alcançar o objectivo maior do desarmamento nuclear e do desarmamento geral e completo.