Outras Notícias

Cultura

  • Os povos vêem crescer as ameaças à Paz em diferentes regiões do mundo. A guerra, com o seu rasto de barbárie e destruição, é cada vez mais utilizada.

    Vivemos um tempo em que aos homens e mulheres amantes da Paz se coloca a exigência de expressar a sua indignação face às guerras de agressão e de, pela sua acção, afirmar a muitas vozes a sua solidariedade com os povos vítimas do colonialismo, de actos de ingerência externa e de conflitos armados, de injustiças e desigualdades sociais, da opressão, do desrespeito da sua soberania e independência nacionais.

  • Divulgamos os temas que algumas organizações manifestaram a intenção de abordar:

    Solidariedade e ternura dos povos - Ana Maria Souto – Movimento Democrático de Mulheres
    A luta pela paz é indissociável da luta dos trabalhadores - Ana Pires- CGTP-IN
    Solidariedade com Cuba e criminoso bloqueio do EUA - Augusto Fidalgo – Associação Amizade Portugal-Cuba
    Paz e Desarmamento - Batista Alves - Presidente da Mesa da Assembleia da Paz Conselho Português para a Paz e Cooperação
    25 de abril e a paz - Comandante Marques Pinto - Associação Conquistas da Revolução
    Festa da Vitória e Paz - Domingos Mealha – Associação Iuri Gagarin
    Cooperação para o desenvolvimento - Eugénio Fonseca - Presidente da CÁRITAS
    Educação para a paz - Eurídice Rocha – FENPROF
    Inteligência artificial e a paz - Frederico Carvalho – Organização dos Trabalhadores Científicos
    Campanha “Desarma a bomba” - Gonçalo Costa - Associação Projeto Ruído
    Acampamento pela paz - Gonçalo Veiga - AE FCSH/Plataforma para a paz
    O desenvolvimento industrial,a soberania e a paz - Helder Pires – FIEQUIMETAL
    Conflitos armados, direitos humanos e pessoas com deficiência - Helena Rato – Associação Portuguesa de Deficientes
    Cooperação da CPCCRD na defesa da Paz - Isabel Graça – CPCCRD
    Guerra e paz no Médio Oriente - Jorge Cadima- MPPM
    Carta das Nações Unidas e direito internacional - Madalena Santos – Associação Portuguesa de Juristas Democratas
    Projecto com a CMSeixal nas escolas - Nuno Carvalho - Associação RATO
    Lutar pela Paz é lutar contra a pobreza - Rego Mendes - Movimento Erradicar a Pobreza
    Os militares e a paz - Sargento António Lima Coelho -Associação Nacional de Sargentos
    "Dádiva relacional - a capacidade humana de trazer o "Outro" para o campo do "NÓS" - Teresa Dennis – CIVITAS
    Paz e a juventude - Tiago Matos – INTERJOVEM

  • debate em faro os caminhos da arte sob a ditadura fascista 1 20190410 1135118057

  • defesa e promocao da paz no algarve 1 20180516 1353736307

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) promoveu, em parceria com diversas entidades, um diversificado programa de ações de educação para a paz e de cultura da paz, no Algarve, durante os dias 9 e 10 de Maio, envolvendo centenas de pessoas, em que participaram Ilda Figueiredo, presidente da direcção do CPPC, Sofia Costa do núcleo local do CPPC e Isa Martins do SPZS.

    As iniciativas incluíram, na área da educação para a paz, debates com jovens e professores da Escola Secundária Dr.ª Laura Ayres, em Quarteira, da Escola Secundária de Loulé e da Escola Secundária Tomás Cabreira, em Faro e com pais e encarregados de educação, na Casa da 1.ª Infância, em Loulé.

  • dia internacional do desporto para o desenvolvimento e a paz 1 20190403 1841677140

    Convidamos todos a participar nas comemorações do Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz, que têm lugar no dia 6 de abril, a partir das 9 horas, no Pavilhão Municipal do Alto do Moinho, no Seixal.

    A iniciativa, realizada em parceria entre o Conselho Português para a Paz e Cooperação e a Câmara Municipal do Seixal, no âmbito do Movimento Municípios pela Paz, contempla um torneio de corfebol que será seguido do colóquio "O Desporto e a Paz", com a participação do presidente do Comité Olímpico de Portugal.

  • educacao para a paz vila nova de gaia 1 20190408 1575961353

    Em Vila Nova de Gaia, integrado no programa de Educação para a Paz, que o CPPC está a promover em colaboração com a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e as escolas que aderiram, professores e alunos organizaram trabalhos sobre a Paz que esta semana estão expostos nas sedes de alguns agrupamentos de escolas.

    No agrupamento de Escolas Soares dos Reis decorreu ontem, dia 3 de Abril, uma sessão pública com música e poesia que os alunos apresentaram e uma palestra em que interveio a diretora do agrupamento Maria Manuela Vieira Machado e a presidente da Direção Nacional do CPPC, Ilda Figueiredo.

    Nos trabalhos dos alunos, na música e na poesia, a defesa da paz são os denominadores comuns, contrapondo-os à guerra e às tragédias que provoca de destruição, sofrimento e morte. Ilda Figueiredo saudou estes importante contributos para a educação para a paz e para a construção de um mundo com justiça, progresso social e paz, a via necessária para garantir a possibilidade de serem felizes.

    Foram também distribuídos documentos do CPPC.

  • encontro intercultural saberes e sabores 1 20190408 1641576981

    O CPPC estará presente no Encontro Intercultural Saberes e Sabores, promovido pela Câmara Municipal do Seixal.

    A 12.ª edição deste encontro realiza-se de 3 a 7 de abril, no Pavilhão Municipal do Alto do Moinho. O evento que promove a interculturalidade e a troca de experiências conta com a participação de 15 países.

    Uma viagem pela gastronomia, artesanato, literatura e outras expressões culturais, durante a qual os visitantes vão descobrir os saberes e os sabores de vários continentes. Motivos de interesse não faltam para visitar a feira intercultural.

    Para além do CPPC estar presente com uma banca, chamamos também a vossa atenção para o colóquio "O Desporto e a Paz", no dia 6 de abril, que assinala o Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz. Uma iniciativa realizada em parceria com o Conselho Português para a Paz e Cooperação, no âmbito do Movimento Municípios pela Paz.

  • Divulgamos informação sobre a melhor forma de chegar ao Encontro!

    preparativos do encontro pela paz 1 20181020 1327778598

  • No Pavilhão Paz e Amizade já se dão os últimos retoques para te receber!

    preparativos do encontro pela paz 3 20181020 2067132398

    preparativos do encontro pela paz 4 20181020 2057099126

    preparativos do encontro pela paz 5 20181020 1617399808

  • artistas pela paz 3 20180924 1787357130

    Assinalando o Dia Internacional da Paz, a Câmara Municipal de Silves apresenta no edifício dos Paços do Concelho, de 21 de setembro a 19 de outubro, a exposição “Artistas pela Paz”. De entrada livre, a iniciativa é coorganizada com o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) e com a PAS – Peace and Art Society.

    São mais de duas dezenas os artistas que se associaram a esta mostra com trabalhos que, através da pintura, técnica mista e o desenho, tiveram como inspiração esta efeméride, proclamada pela ONU em 1981, que pretende sensibilizar as pessoas para a promoção de ações que tenham como resultado o fim dos conflitos entre povos e a paz mundial.

    De referir que a exposição coletiva “Artistas pela Paz” tem a sua inauguração marcada para o próximo dia 21 de setembro, pelas 15h00.

  • exposicao fotografica refugiados de frank kopperschlager 1 20180616 1995108508

    O CPPC, com o apoio da Associação Re-Criativa República 14 e da Taberna do Armazém do Carmo, promove a exposição fotográfica "Refugiados", de Frank Kopperschlager, que estará patente entre 20 de Junho e 4 de Julho no espaço da associação, em Olhão. A inauguração é às 19 horas do próximo dia 20.

    A exposição é composta por 16 fotografias, das ruas de Berlim, onde estavam centenas de refugiados chegados àquele país, abandonados à sua sorte, sem qualquer tipo de apoio do governo. A população alemã começou a apoiar estes refugiados, levando-lhes, tendas, resguardos, roupa, comida, medicamentos, e outros bens de primeira necessidade.

    Depois formou-se um movimento de vários grupos de intelectuais e associações recreativas, que procuraram através das artes dar algum "alento" a estas pessoas, enquanto ONGs criavam algumas condições para fornecer alimentação a todos os que lá se encontravam.
    Num terceiro momento a população começou a fazer manifestações, bloqueios, concentrações, exigindo das entidades oficiais uma resposta digna para todos aqueles refugiados.
    Estas fotografias retratam alguns desses momentos vividos em Berlim.

  • Realizou-se, no dia 21 de Abril, o terceiro Concerto pela Paz em Vila Nova de Gaia, no Auditório Municipal, promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação, com apoio da Câmara Municipal de Gaia e da Federação das Colectividades de Gaia.

    Cerca de 300 pessoas assistiram ao Concerto, ao som da música de jovens da Fundação Conservatório Regional de Gaia, da Escola de Música de Perosinho e da Academia de Música de Vilar do Paraíso, apreciaram a dança das jovens do Ginasiano Escola de Dança e a poesia dos actores e actrizes da Ilha Mágica.

  •  de 700 participantes deram corpo a um grande encontro pela paz 28 20181026 1370400071

    As organizações e entidades promotoras do Encontro pela Paz que, no passado sábado, 20 de Outubro, se realizou no Pavilhão Paz e Amizade, em Loures, saúdam os mais de 700 participantes, vindos de vários pontos do País, que com a sua participação activa fizeram desta iniciativa um importante momento que, certamente, irá contribuir para o desenvolvimento da luta pela paz em Portugal.

    Ao mesmo tempo, valorizam as mais de 45 organizações e entidades que se juntaram ao processo preparatório do Encontro pela Paz e todos os que, da sua tribuna, partilharam análises, experiências e pontos de vista: homens, mulheres e jovens; dirigentes e activistas das organizações envolvidas, sindicalistas, autarcas, padres, militares, professores, jornalistas, investigadores, juristas, estudantes, entre muitos outros.

    Os promotores do Encontro pela Paz agradecem a todos os trabalhadores do Município de Loures que garantiram, durante todo o dia, um funcionamento exemplar e condições óptimas para um trabalho frutuoso, e aos grupos musicais que com a sua actuação em muito valorizaram o Encontro: o coro da Liga dos Amigos da Mina de São Domingos e as Batucadeiras da Quinta da Princesa (Seixal).

  • ciclo cinema pela paz loule 1 20180828 1074885782

    Dia 17 de Agosto decorreu mais uma sessão do Ciclo de Cinema Pela Paz em Loulé, com o visionamento do filme "Vem e vê" de Elem Klimov, precedido de um debate com a participação de António Goulart de Medeiros, coordenador da União dos Sindicatos do Algarve e Luísa Martins coordenadora do projecto Loulé-Cidade Educadora. O debate teve como moderadora Sofia Costa membro do CPPC e contou ainda com o contributo de Zeca, um louletano com grande experiência cinematográfica nos estúdios da Fox em Sidney, onde tem estado emigrado.

    A invasão da União Soviética pelas forças Nazis e a destruição de cerca 5000 aldeias Soviéticas, as mortes e as monstruosidades cometidas durante a II Grande Guerra foram bastante comentados, por estarem evidenciadas no filme. Assim como a resistência da população e do exército Soviético, fundamentais para a derrota do Nazi-fascismo. Na próxima sexta-feira, dia 24, decorrerá a última sessão deste ciclo, com o filme "O Pianista".

  • pela defesa dos valores de abril 1 20190308 1118475422

    pela defesa dos valores de abril 1 20190308 1110902059

  • 6 de agosto – 15h – Jardim do Rio (Cais do Ginjal) - Almada

    Por um mundo sem armas nucleares

    Durante a tarde de 6 de Agosto, no Jardim do Rio (junto ao Cais do Ginjal), Almada acolhe um conjunto de iniciativas promovidas pelo Movimento Municípios pela Paz (MMPP), em parceria com o Conselho Português para a Paz e Cooperação.

    Será inaugurado um mural alusivo à paz, assinado pelo Colectivo Aleutas, numa cerimónia que conta com a intervenção dos presidentes das Câmaras Municipais de Almada e do Seixal (esta última coordenadora do MMPP) e da presidente da Direcção Nacional do CPPC.

    A partir das 15h as famílias vão poder participar em pinturas, oficinas de arte urbana, entre outras actividades gratuitas, que pretendem envolver-nos a todos no objectivo internacional de construir um mundo de paz.

    Este dia tem como objectivo assinalar os 72 anos sobre o bombardeamento de Hiroxima (Japão), alertar para a dimensão dos actuais arsenais nucleares, para os riscos que os mesmos representam e para a necessidade do seu desmantelamento, como única forma de garantir solidamente a paz e a segurança no planeta.

  • cinema debate paz loule 2 20180817 1062689827

    Decorreu ontem, dia 10 de Agosto na Biblioteca Municipal de Loulé a primeira sessão do ciclo "Cinema pela Paz".

    À projecção do filme "O Grande Ditador", realizado por Charlie Chaplin, seguiu-se um animado debate.

  • preparativos do encontro pela paz 2 20181020 1665104025

    O Encontro pela Paz continua a crescer e para além das 12 organizações e entidades iniciais, mais 33 já se juntaram a este importante momento para defesa da Paz.

    Promotoras:

    Câmara Municipal de Loures
    Confederação Geral dos trabalhadores Portugueses – Intersindical
    Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto
    Conselho Português para a Paz e Cooperação
    Federação Nacional de Professores
    Juventude Operária Católica
    Liga Operária Católica – Movimento de Trabalhadores Cristãos
    Movimento Democrático das Mulheres
    Movimento Municípios pela Paz
    Movimento Pelos Direitos do Povo Palestino e Pela Paz no Médio Oriente
    Pastoral Operária
    União de Resistentes Antifascistas Portugueses

  • Decorreu, esta quarta-feira 19 de Outubro em Setúbal, a conferência “Venezuela e a Revolução Bolivariana”, iniciativa inserida na Semana Cultural da Venezuela.

    Na mesa da conferência participaram o Embaixador da República Bolivariana da Venezuela em Portugal General em Chefe Lucas Rincón Romero e Luís Carapinha, perito em assuntos internacionais e membro do CPPC.

    As intervenções abordaram o alcance das conquistas políticas e sociais da Revolução Bolivariana, o contexto em que esta se desenvolve, as dificuldades que enfrenta face a uma guerra mediática e económica promovida por grupos de extrema direita nacionais cúmplices da ingerência dos EUA, mas também o firme compromisso, do povo venezuelano que deseja construir um mundo melhor e uma pátria mais humana, em continuar e aprofundar a Revolução Bolivariana.

    A sessão contou ainda com a presença do Sr. Presidente da União de Freguesias de Setúbal, de representantes de várias organizações portuguesas e de membros do corpo diplomático.

    Na final da conferência o Sr. Embaixador Lúcas Ríncon entregou ao CPPC um conjunto de livros sobre o pensamento Bolivariano.

    A próxima iniciativa Semana Cultural será na sexta-feira 21 de Outubro com a exibição do filme venezuelano “Una Mirada al Mar”.