Outras Notícias

debate

  • 16 de Dezembro'2014
    14h30 . Biblioteca da Moita

    No próximo dia 16 de Dezembro, pelas 14h30, é inaugurada na Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça, na Moita, a exposição “Construir a Paz com os Valores de Abril”.

    A inauguração da exposição será seguida de um debate, que contará com a presença de Ilda Figueiredo, Presidente do CPPC, e Rui Garcia, Presidente da Câmara Municipal da Moita.

    Participa!

    http://www.cm-moita.pt/pt/conteudos/noticias+e+eventos/noticias/exposicao+e+debate+contruir+a+paz+com+valores+de+abril.htm#.VIhyICiSBS8.facebook

  • No dia 7 de Março, na inauguração da exposição " 100 da Grande Guerra e a luta pela Paz", do CPPC, na Escola Secundária Alexandre Herculano, no Porto, com o director da escola Dr. Manuel José Lima, a vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, Dra Guilhermina Rego, e a presidente da Direcção Nacional do CPPC, Ilda Figueiredo. Seguiu-se um animado debate com cerca de 100 alunos e diversos professores.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação apresentou no dia 19, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, o livro «Décadas de Luta pela Paz». Participaram na sessão Gustavo Carneiro, da Direcção Nacional do CPPC, e os professores daquela instituição João Paulo Oliveira e Costa e João Luís Lisboa. Partindo do conteúdo do livro, o debate centrou-se nas principais ameaças à paz na actualidade e na necessidade de levar mais longe a acção pelo desarmamento e a paz.

  •  de 700 participantes deram corpo a um grande encontro pela paz 28 20181026 1370400071

    As organizações e entidades promotoras do Encontro pela Paz que, no passado sábado, 20 de Outubro, se realizou no Pavilhão Paz e Amizade, em Loures, saúdam os mais de 700 participantes, vindos de vários pontos do País, que com a sua participação activa fizeram desta iniciativa um importante momento que, certamente, irá contribuir para o desenvolvimento da luta pela paz em Portugal.

    Ao mesmo tempo, valorizam as mais de 45 organizações e entidades que se juntaram ao processo preparatório do Encontro pela Paz e todos os que, da sua tribuna, partilharam análises, experiências e pontos de vista: homens, mulheres e jovens; dirigentes e activistas das organizações envolvidas, sindicalistas, autarcas, padres, militares, professores, jornalistas, investigadores, juristas, estudantes, entre muitos outros.

    Os promotores do Encontro pela Paz agradecem a todos os trabalhadores do Município de Loures que garantiram, durante todo o dia, um funcionamento exemplar e condições óptimas para um trabalho frutuoso, e aos grupos musicais que com a sua actuação em muito valorizaram o Encontro: o coro da Liga dos Amigos da Mina de São Domingos e as Batucadeiras da Quinta da Princesa (Seixal).

  • ciclo cinema pela paz loule 1 20180828 1074885782

    Dia 17 de Agosto decorreu mais uma sessão do Ciclo de Cinema Pela Paz em Loulé, com o visionamento do filme "Vem e vê" de Elem Klimov, precedido de um debate com a participação de António Goulart de Medeiros, coordenador da União dos Sindicatos do Algarve e Luísa Martins coordenadora do projecto Loulé-Cidade Educadora. O debate teve como moderadora Sofia Costa membro do CPPC e contou ainda com o contributo de Zeca, um louletano com grande experiência cinematográfica nos estúdios da Fox em Sidney, onde tem estado emigrado.

    A invasão da União Soviética pelas forças Nazis e a destruição de cerca 5000 aldeias Soviéticas, as mortes e as monstruosidades cometidas durante a II Grande Guerra foram bastante comentados, por estarem evidenciadas no filme. Assim como a resistência da população e do exército Soviético, fundamentais para a derrota do Nazi-fascismo. Na próxima sexta-feira, dia 24, decorrerá a última sessão deste ciclo, com o filme "O Pianista".

  • O Núcleo do Porto do CPPC vai realizar a quarta edição do Paz em Ciclo - cinema e debate

     

  • Iniciou-se, no Porto, a nova série “Paz em ciclo – cinema e debate” organizada pelo núcleo do Porto do Conselho Português para a Paz e Cooperação. Esta série decorre na Cooperativa do Povo Portuense.

    O primeiro filme desta quarta “ Paz em Ciclo” foi dedicado à Palestina. Foi exibido o filme “ 5 Câmaras Partidas” de Emad Burnat e Guy Davidi. No final realizou-se uma animado debate com as cerca de 40 pessoas presentes.

    Este filme é a história de vida de um agricultor palestiniano e da resistência à ocupação israelita, numa pequena aldeia da margem ocidental. O documentário foi filmado quase inteiramente pelo próprio agricultor, Emad Burnat, que, em 2005, comprou a primeira câmara para registar o nascimento do primeiro filho e continuou a filmar a vida da família e a da resistência dos habitantes da terra à ocupação israelita. Cada uma das cinco câmaras conta uma parte diferente da história, da ocupação, do muro construído por Israel, da revolta dos habitantes locais, da violência e da morte de amigos. É um forte documento pessoal e político, que teve vários prémios internacionais.

  • Decorreu ontem, no Porto, a última sessão do “Paz em Ciclo 3”, com o filme “ROMA, CIDADE ABERTA”. Nesta sessão, que pretendeu assinalar os 75 anos do início da Segunda Guerra Mundial, estiveram presentes dezenas de pessoas, que participaram também no debate que se seguiu ao filme, com o Coronel David Martelo. — em Porto
     
     
  • cinema debate paz loule 2 20180817 1062689827

    Decorreu ontem, dia 10 de Agosto na Biblioteca Municipal de Loulé a primeira sessão do ciclo "Cinema pela Paz".

    À projecção do filme "O Grande Ditador", realizado por Charlie Chaplin, seguiu-se um animado debate.

  • preparativos do encontro pela paz 2 20181020 1665104025

    O Encontro pela Paz continua a crescer e para além das 12 organizações e entidades iniciais, mais 33 já se juntaram a este importante momento para defesa da Paz.

    Promotoras:

    Câmara Municipal de Loures
    Confederação Geral dos trabalhadores Portugueses – Intersindical
    Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto
    Conselho Português para a Paz e Cooperação
    Federação Nacional de Professores
    Juventude Operária Católica
    Liga Operária Católica – Movimento de Trabalhadores Cristãos
    Movimento Democrático das Mulheres
    Movimento Municípios pela Paz
    Movimento Pelos Direitos do Povo Palestino e Pela Paz no Médio Oriente
    Pastoral Operária
    União de Resistentes Antifascistas Portugueses

  • transportes para o encontro pela paz inscreve te 1 20181015 2088085248

    Avança por todo o país a preparação do Encontro pela Paz que se realizará no próximo Sábado.

    Vê os transportes organizados a partir de diversos pontos do país:

    Almada
    8h30 – Praça João Baptista junto ao Fórum Romeu Correia
    contacto para inscrição - 964423596
    e-mail – Este endereço de correio electrónico está protegido contra leitura por robôs. Necessita activar o JavaScript para o visualizar.

    Coimbra
    8h – frente à União de Sindicatos de Coimbra, Av. Fernão Magalhães
    Contacto para inscrição - Isabel Melo: 962 853 345

    Lisboa
    entre as 9h e as 10h30 / 13h30 e as 14h30 – carrinha da Câmara Municipal de Loures fará o transporte entre o Metro do Sr. Roubado e o Pavilhão Paz e Amizade (local do encontro

    Porto
    é assegurado transporte a partir de dois locais:
    6h30 - junto ao edifício da Câmara Municipal do Porto, quase em frente aos CTT.
    6h30 - a partir da Casa Sindical - USP (próximo da estação de Campanhã)
    Contactos para inscrição:
    João Rouxinol - 966 916 084
    Tiago Oliveira - 910 577 042

    Seixal
    8h – junto aos serviços centrais da Câmara Municipal do Seixal
    8h15 – rotunda da Cruz de Pau (junto ao Continente)
    8h20 – Corroios na EN10 (frente à estação da BP)
    contactos para inscrição - 917576938 ou 935446610
    e-mail – Este endereço de correio electrónico está protegido contra leitura por robôs. Necessita activar o JavaScript para o visualizar.

    Vila Nova de Gaia
    6h30 – El Corte Inglês, Av. da República
    Contacto para inscrição:
    João Rouxinol - 966 916 084

  • ciclo cinema pela paz loule 1 20180828 1074885782

    Na passada sexta-feira decorreu a 3a. e última sessão/debate do Ciclo de Cinema Pela Paz em Loulé, com o filme "O Pianista" de Roman Polanski.

    O ciclo, passou 3 filmes sobre a paz e a guerra, acompanhados de debate. Nesta última sessão o debate contou com a participação do Sr. Presidente da Câmara de Loulé, Victor Aleixo, de João Martins da Presidência do CPPC, Dália Paulo, directora Municipal entre outros. A discussão abordou acontecimentos do passado mas também os perigos do presente e futuro, nomeadamente na Europa, com o ressurgimento de movimentos e partidos com ideologias de extrema direito ou mesmo fascistas, o que constitui uma enorme preocupação para todos aqueles que defendem a Paz.

    Foi reconhecida a importância da concretização do Ciclo de Cinema Pela Paz e ficou o compromisso, assumido pelo Presidente do Município, para apoiar a realização de um novo ciclo de cinema pela paz no próximo ano.

  • venezuela a verdade por tras das mentiras 1 20190220 1334235913

    A convite da Fábrica de Alternativas, na sua Sede Social em Algés / Oeiras, o Conselho Português para a Paz e Cooperação participou, no passado dia 16, numa Sessão subordinada ao tema: “Venezuela – a verdade por trás das mentiras”.

    Esta iniciativa, realizada no âmbito da atividade daquela Associação, contou com a participação de Amílcar Silva Campos, em representação do CPPC, e com uma significativa afluência de associados que participaram ativamente e com muito interesse no debate que se desenrolou ao longo de aproximadamente 2 horas.

    Neste esclarecedor debate, perpassou o sentimento generalizado de condenação do golpe de estado em curso na Venezuela, de condenação dos seus promotores e da posição assumida pelo Governo Português, ao mesmo tempo que se manifestou um forte apego aos princípios e valores consignados na Carta das Nações, no Direito Internacional e na Constituição da República Portuguesa de não intervenção nos assuntos internos de outros países, de igualdade jurídica dos Estados, da resolução pacífica dos conflitos, do respeito pelos direitos humanos e pela autodeterminação dos povos.