Outras Notícias

debate

  • cinema debate paz 1 20180607 1412516487

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação, com apoio da UPP, realiza uma sessão de cinema, seguido de debate e convívio, na sede da UPP - Universidade Popular do Porto, rua da Boavista, 736 - Porto, no próximo dia 10 de Junho, pelas 16 horas.

  • No passado dia 13 de Março realizou-se a 1ª sessão do ciclo de cinema e debate "Cinema e Paz" realizado na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com a passagem do documentário da realizadora Luísa Marinho, Poeticamente Exausto, Verticalmente Só, sobre a vida e obra de José Bação Leal.

    O filme foi seguido de um debate que contou com a participação da realizadora, Luísa Marinho e companheiros e amigos de José Bação Leal, os quais participaram no documentário, entre eles, António Manuel Vieira e José Mário Fidalgo.
    — em Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
     
  • CINEMA E PAZ
    Ciclo de Cinema e Debates sobre a Paz na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

    27 Março | 18h | Sala 2.13

    No próximo dia 27 de Março será realizada a 2ª sessão do Ciclo "Cinema e Paz", nesta sessão poder-se-á ver e debater o documentário "Soy Cuba" de Mikhail Kalatozov, tendo como convidado para o debate a Associação de Amizade Portugal Cuba.

    Este documentário relata momentos da história revolucionária cubana, mostrando diversas situações da vida em Cuba pouco antes da queda do regime de Fulgêncio Batista.

    PARTICIPA!

  • CINEMA E PAZ
    Ciclo de Cinema e Debates sobre a Paz na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

    22 Maio | 18h | Sala 5.2

    No próximo dia 22 de Maio, quinta-feira pelas 18h, terá lugar mais uma sessão do Ciclo "Cinema e Paz", teremos a oportunidade de ver e debater o filme "Grave of the Fireflies", com Gustavo Carneiro, membro da Direcção Nacional do CPPC.

     



    PARTICIPA!

  • Nos dias 28, 29 e 30 de Julho realizou-se o Acampamento pela Paz, organizado pelo Comité Nacional Preparatório de Portugal (CNP), para o 19.º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes (FMJE), que realizar-se-á em Soshi (Rússia), de 14 a 22 de Outubro de 2017. O CPPC é uma das organizações membro do CNP.

    Este ano, de regresso à cidade de Évora, o Acampamento pela Paz recebeu cerca de três centenas de jovens que se uniram em torno dos valores da Paz e da luta pelos direitos da juventude, num espaço de alegria e fraternidade, onde tiveram a oportunidade de participar em diversas actividades, desde oficinas relacionadas com sustentabilidade, energia, produção alimentar e desigualdades a nível mundial, uma visita à cidade, várias actividades desportivas, concertos, pintura de mural, culminando com um desfile pela Paz.

  • Nas instalações da Junta de Freguesia de Pias realizou-se um importante debate do Conselho Português para a Paz e Cooperação com a presença da Presidente da direcção nacional do CPPC, Ilda Figueiredo, do Presidente da Junta de Freguesia, José Augusto, e dos membros do CPPC, Maria José Afonso e José Baguinho. Com a paz no horizonte, foi uma iniciativa muito participada, com uma audiência muito consciente dos problemas que ameaçam a paz no mundo, que deram opinião e colocaram preocupações com a evolução da situação internacional, designadamente no Médio Oriente, na Ucrânia e na Europa em geral.

    Foram igualmente abordadas as campanhas do CPPC de solidariedade com a revolução Bolivariana da Venezuela o com o povo saraui e o povo palestino, a actualidade do Apelo de Estocolmo , a exigência da dissolução da NATO e do desarmamento geral e controlado, nos termos do artigo 7º da Constituição da República Portuguesa. No final, vários participantes foram sensíveis ao apelo "pela Paz todos não somos demais!" e inscreveram-se no CPPC.

     

  • Dia 10 de abril foi inaugurada a Exposição "Construir a Paz com os Valores de Abril", nas instalações da União das Freguesias da Malagueira e Horta das Figueiras, em Évora.

    Seguiu-se um debate sobre a paz no mundo. Várias pessoas usaram da palavra tal como o Presidente da Junta José Russo, o Vereador da Cultura, da Câmara Municipal de Évora, Eduardo Luciano e várias pessoas que estavam na assistência. Ilda Figueiredo, Presidente da DN do Conselho Português para a Paz e Cooperação deu explicações sobre a exposição, referiu-se ao artigo 7º da Constituição da República Portuguesa e a algumas campanhas do CPPC seja na solidariedade com a revolução Bolivariana, seja relativamente ao Apelo de Estocolmo contras armas nucleares, seja a exigência de dissolução da NATO.

     

     

  •  
    O repúdio de todos os amantes da paz no Mundo pela presença de organizações ultra-nacionalistas de inspiração fascista e nazi no governo de Kiev, foi pedra de toque na sessão que no passado domingo, 11 de Maio, no Moinho de Maré da Mourisca, no Faralhão, o CPPC e a Junta de Freguesia do Sado realizaram conjuntamente, com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal. Ele é parte integrante da mensagem de Socorro Gomes, Presidente do Conselho Mundial da Paz, emitida logo após os massacres na Casa dos Sindicatos de Odessa, a 2 de Maio, inseridos no plano de desestabilizar a Ucrânia e nele instalar um regime fantoche que aceite alargar a NATO até às fronteiras da Rússia.
  • No debate na Escola Profissional de Moura sobre "Construir a Paz com os valores de Abril" intervieram a directora da instituição, o vice-presidente da Câmara Municipal de Moura e membros do CPPC presentes. Foi um dedate muito interessante, com professores e alunos, com boa participação de jovens, designadamente de alunos africanos que ali estudam. Foram também distribuídos boletins " Notícias da Paz" a todos os presentes. Terminou num agradável convívio com um lanche preparado pelos alunos da Escola Profissional.

     

     


  • O CPPC participou, no dia 19, num debate na Escola Secundária Camões, em Lisboa, inserido na campanha pela adesão de Portugal ao Tratado de Proibição de Armas Nucleares. A iniciativa nasceu dos próprios estudantes, que, em Reunião Geral de Alunos, mandataram a direcção da Associação de Estudantes para que promovesse acções pela Paz. Daí partiu o convite ao CPPC.

  • Nos dias 27 de Fevereiro e 14 de Março, o CPPC - Conselho Português para a Paz e Cooperação, em parceria com a Universidade do Algarve, Associação Académica da UALg, o SPZS - Sindicato dos Professores da Zona Sul e o Cineclube de Faro levaram a cabo duas iniciativas inseridas na campanha, que está a decorrer por todo o país, Pelo Fim das Armas Nucleares, pela ratificação do acordo por parte do governo português.

    No dia 27 de Fevereiro no Campus das Gambelas procedeu-se a uma sessão de esclarecimento seguida de debate que contou com a presença de Frederico Carvalho, físico e presidente da Associação dos Trabalhadores Científicos, Saúl de Jesus, professor doutor e Vice-reitor da UALg, Isa Martins do SPZS e Sofia Magalhães Costa membro do CPPC.

  • cppc promove debate em aveiro 1 20180516 2063513498

    Na passada segunda-feira, dia 14 de Maio, o Núcleo de Aveiro do Conselho Português para a Paz e Cooperação(CPPC) em parceria com o Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território(DCSPT) da Universidade de Aveiro(UA) realizou um debate sobre "A Paz, a agressão à Síria e a luta pelo Fim das Armas Nucleares".

    O debate, moderado por Teresa Forte, investigadora na Universidade de Aveiro(UA), contou com a intervenção de Carlos Jalali(Professor da UA) bem como de Ilda Figueiredo(Presidente da direcção nacional do CPPC).