Outras Notícias

paz e desenvolvimento

  • Realizou-se na Bibiloteca Municipal de Setúbal, uma conversa sobre "O desporto e a paz" , a propósito de Setúbal ser a " Capital Europeia do Desporto 2016".

    A iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Setúbal e do Conselho Português para a paz e Cooperação (CPPC), contou com a participação do vereador Pedro Pina, de Ilda Figueiredo e João Gordo Martins, da direcção do CPPC e do prof. João Lopes, especialista em desporto.

    No debate assinalou-se, de forma participada, a importância do desporto ao serviço do desenvolvimento e da paz, o que, como foi salientado, foi reconhecido pela própria ONU que, em 2013, criou o Dia Internacional do Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da PAZ, escolhendo o dia 6 de Abril, dia que se iniciou a primeira edição dos Jogos Olímpicos da era moderna no ano de 1896.

    Na conversa, vários presentes sublinharam a importância de escolas, autarquias e associações desportivas darem particular atenção a esta perspectiva do desporto ao serviço do desenvolvimento e da paz, integrando-a numa visão mais global de educação e cultura para a paz e pela paz, o que também será apresentado na iniciativa "Municípios pela Paz", que se irá realizar na Câmara Municipal do Seixal, no próximo dia 29 de outubro, a partir das 14,30, e para a qual estão a ser convidados todos os municípios do país.

  • paz e direitos humanos debatidos em lisboa 2 20190129 1132665763

    A Casa do Alentejo, em Lisboa, acolheu no passado dia 23 de Janeiro uma sessão promovida pelas organizações e entidades promotoras do Encontro pela Paz (que se realizou a 20 de Outubro, em Loures) sobre a Paz e os Direitos Humanos, no quadro do 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem.

    No início da sessão foi apresentado um curto vídeo sobre o Encontro da Paz e seguidamente a sessão iniciou-com com as intervenções da mesa, onde estavam representantes de três da organizações que a promoveram: CPPC, CGTP e JOC.

    Num momento particularmente complexo como o que estamos a viver, foi importante assinalar os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos do Homem, onde se expressa a correlação de forças favorável à paz e ao progresso social que se vivia aquando da sua aprovação, apenas quatro anos após o final da Segunda Guerra Mundial – com a vitória sobre o nazi-fascismo – na qual perderam a vida mais de 50 milhões de pessoas e registaram-se incomensuráveis perdas económicas e patrimoniais.

  • paz e liberdade faro 1 20190426 1472907985

    Integrando o programa das comemorações do 45º aniversário do 25 de Abril em Faro, inaugurou-se a exposição "Paz e Liberdade", promovida pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação, em parceria com o Centro de Ciência Viva do Algarve.

    Nesta inauguração estiveram presentes e vários dos artistas que nela participam, nomeadamente Margarida Tengarrinha, Dina Dias, Vicente Brito, Elidia ribeiro, Adão Contreiras, Joana Rocha e Marcilio Campina.

  • pela defesa dos valores de abril 1 20190308 1118475422

    pela defesa dos valores de abril 1 20190308 1110902059

  • pela igualdade dar mais forca a paz e aos valores de abril 1 20190308 1663517372

    O Conselho Português para a Paz e a Cooperação saúda a Manifestação Nacional de Mulheres, “Pela igualdade na vida – o combate do nosso tempo”, organizada pelo MDM, à qual nos juntaremos com a certeza de que os valores de Abril e da Paz são os pilares para um futuro melhor.

    A luta das mulheres trava-se, hoje, num quadro mundial complexo, marcado pelo recrudescimento de ameaças, perigos de guerra, aumento da violência, da desigualdade e de valores da extrema-direita, em que a defesa da Paz ganha uma importância central.
    Celebrar o 8 março, o Dia Internacional da Mulher, é dar mais força ao combate pelo reconhecimento e efectivação dos direitos das mulheres como integrantes dos direitos consignados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, na Convenção sobre a eliminação de todas as formas de discriminação das mulheres e na Constituição da República Portuguesa.

    Apelamos, assim, a todos os amantes da igualdade, do progresso e da Paz, a que participem nesta importante jornada de luta, no próximo dia 9 de março às 14h30m nos Restauradores, em Lisboa.

    Todos os que quiserem participar juntamente com o CPPC podem se concentrar junto à faixa do CPPC que estará na placa central dos Restauradores.

    8 de Março de 2019
    Direcção Nacional do CPPC

  • No Dia Internacional da Criança, que hoje se assinala, o Conselho Português para a Paz e Cooperação reafirma o seu apego aos direitos consagrados na Declaração Universal dos Direitos da Criança, aprovada pelas Nações Unidas em 1959, que lhes atribui o direito à igualdade, à alimentação, à habitação, à saúde, à educação gratuita, ao lazer, à protecção social, a socorro prioritário em caso de catástrofe, a protecção especial visando o «desenvolvimento físico, mental e social», contra o abandono e o trabalho infantil, e a «crescer dentro de um espírito de solidariedade, compreensão, amizade e justiça entre os povos».

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) saúda o 44.º aniversário da Revolução de Abril reafirmando o seu firme apego aos seus valores, realizações e exemplo. Afirmação soberana da vontade do povo, Abril representou a conquista da liberdade e da democracia, o fim da guerra colonial e a paz, uma economia ao serviço da melhoria das condições de vida do povo, a conquista e o usufruto de inúmeros direitos sociais, incluindo a elevação cultural da população, mas também o desenvolvimento de uma política de paz, amizade e cooperação com todos os povos do mundo.

  • Pôr fim ao massacre!

    Uma vez mais, a NATO é responsável pela morte e ferimento de crianças e civis afegãos devido aos seus bombardeamentos.

    No passado dia 4 de Abril, o CPPC assinalou o 64.º aniversário da criação da NATO, denunciando que este bloco político-militar não serve quaisquer propósitos de Paz no mundo.

  • 6 de agosto – 15h – Jardim do Rio (Cais do Ginjal) - Almada

    Por um mundo sem armas nucleares

    Durante a tarde de 6 de Agosto, no Jardim do Rio (junto ao Cais do Ginjal), Almada acolhe um conjunto de iniciativas promovidas pelo Movimento Municípios pela Paz (MMPP), em parceria com o Conselho Português para a Paz e Cooperação.

    Será inaugurado um mural alusivo à paz, assinado pelo Colectivo Aleutas, numa cerimónia que conta com a intervenção dos presidentes das Câmaras Municipais de Almada e do Seixal (esta última coordenadora do MMPP) e da presidente da Direcção Nacional do CPPC.

    A partir das 15h as famílias vão poder participar em pinturas, oficinas de arte urbana, entre outras actividades gratuitas, que pretendem envolver-nos a todos no objectivo internacional de construir um mundo de paz.

    Este dia tem como objectivo assinalar os 72 anos sobre o bombardeamento de Hiroxima (Japão), alertar para a dimensão dos actuais arsenais nucleares, para os riscos que os mesmos representam e para a necessidade do seu desmantelamento, como única forma de garantir solidamente a paz e a segurança no planeta.

  • POR UMA ÁGUA MAIS LIMPA
    NÃO À COOPERAÇÃO EPAL-MEKOROT

    25 MARÇO | 18H | LARGO CAMÕES (LISBOA)

    Várias organizações portuguesas, entre as quais o CPPC, promovem amanhã uma iniciativa de apelo à revogação do acordo entre a EPAL e a MEKOROT (empresa de águas israelita).

    ORGANIZAÇÕES PROMOTORAS:
    Associação Agricultores do Distrito Lisboa, Associação Água Pública, Associação Intervenção Democrática, Casa Viva, Colectivo Mumia Abu-Jamal, Comité de Solidariedade com a Palestina, Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional, Conselho Português para a Paz e Cooperação, Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal, Fórum pela Paz, Grupo Acção Palestina, Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente, SOS Racismo.

  • cinema debate paz loule 2 20180817 1062689827

    Decorreu ontem, dia 10 de Agosto na Biblioteca Municipal de Loulé a primeira sessão do ciclo "Cinema pela Paz".

    À projecção do filme "O Grande Ditador", realizado por Charlie Chaplin, seguiu-se um animado debate.

  • projeto povos culturas e pontes seixal 1 20190524 1410573064

    O CPPC participou, no passado dia 16 de maio no Seixal, no encerramento das Oficinas da Paz e Cidadania Global integradas no Projeto “Povos Culturas e Pontes”, organizado pela comunidade escolar do Seixal e Câmara Municipal.
    Armando Farias, da Direção do CPPC, desenvolveu uma “Conversa sobre a Paz” para cerca de 4 turmas compostas por alunos dos 10 aos 16 anos, tendo sublinhado que, para além da ausência de ações beligerantes e de confrontos armados, a ausência de desigualdades económicas, sociais, culturais e políticas é uma condição fundamental na construção da Paz. Focou também o nível das despesas militares e as consequências das guerras com milhões de mortes, estropiados e refugiados.

    Os alunos transmitiram as conclusões das suas experiências desenvolvidas nas salas de aula sobre o tema dos refugiados, comercio justo e automatização do trabalho.

    Foi ainda apresentada uma pequena peça de teatro e foram declamados poemas em diversas línguas (crioulo de Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, árabe e português).
    A exposição “Décadas de luta pela Paz” esteve exposta assim como os desenhos sobre Direitos Humanos e a Paz.

    Zulmira Ramos, da Direção do CPPC, participou nas Bibliotecas Humanas transmitindo a sua vivência sobre a viagem em que participou, recentemente, à Palestina, referindo as atrocidades cometidas por Israel sobre o povo palestino.

  •  protocolo de colaboracao com a camara municipal de loures 1 20180621 1912841287

    O CPPC e a Câmara Municipal de Loures assinam na próxima quinta-feira, 21 de Junho, um protocolo de colaboração. A cerimónia terá lugar às 17 horas no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, no Parque Adão Barata. Na ocasião será inaugurada uma exposição pela paz e a proibição das armas nucleares.

  • A Câmara Municipal de Évora assinou um protocolo de cooperação com o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) no passado dia 16 de fevereiro, nos Paços do Concelho de Évora.
    O documento tem como principal finalidade definir o quadro de cooperação entre o Município e o CPPC em torno de projetos diversificados, nomeadamente na área da educação para a paz. Deste conjunto, destaca-se a realização de conferências e debates na defesa dos mencionados valores para a paz e cooperação entre os povos, promovendo também ações junto de escolas e associações.
    Cabe ao núcleo de Évora do CPPC realizar atividades na cidade e no concelho. O Município compromete-se a apoiar estas realizações nomeadamente em termos de comunicação e logística.
    Participaram na cerimónia de assinatura do protocolo o Presidente da Câmara de Évora Dr. Carlos Pinto Sá a Presidente do CPPC Ilda Figueiredo e, representando o Núcleo de Évora Abílio Fernandes, António Jara e Pedro Branco.

     

  • No passado dia 17 o CPPC recebeu uma delegação do Instituto Cubano de Amizade com os Povos (ICAP). Na reunião entre os representantes cubanos e a Direcção do CPPC, em que foram trocadas informações sobre a situação dos dois países, e abordada a solidariedade com Cuba por parte do povo português, e dos povos de todo o mundo, foi dada informação sobre a realização do III Encontro de Solidariedade com Cuba, “Cuba Solidariedade 2014” a realizar em Outubro do próximo ano em Havana.

  • O CPPC assinalou o Dia Internacional da Paz, 21 de Setembro, na Biblioteca Municipal Ary dos Santos, em Sacavém (concelho de Loures), com uma conversa sobre a Paz, onde Gustavo Carneiro, da Direcção Nacional do CPPC, abordou o tema com uma plateia de estudantes e professores do ensino secundário.

    #internationaldayofpeace #diainternacionaldapaz

  • preparativos do encontro pela paz 2 20181020 1665104025

    O Encontro pela Paz continua a crescer e para além das 12 organizações e entidades iniciais, mais 33 já se juntaram a este importante momento para defesa da Paz.

    Promotoras:

    Câmara Municipal de Loures
    Confederação Geral dos trabalhadores Portugueses – Intersindical
    Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto
    Conselho Português para a Paz e Cooperação
    Federação Nacional de Professores
    Juventude Operária Católica
    Liga Operária Católica – Movimento de Trabalhadores Cristãos
    Movimento Democrático das Mulheres
    Movimento Municípios pela Paz
    Movimento Pelos Direitos do Povo Palestino e Pela Paz no Médio Oriente
    Pastoral Operária
    União de Resistentes Antifascistas Portugueses