Outras Notícias

paz e desenvolvimento

  • artistas pela paz 1 20180924 1516788780

    artistas pela paz 2 20180924 1217712489

  • Inaugurou-se a 8 de Julho, em Vila Nova de Gaia, a exposição Artistas pela Paz, que integra a II Bienal Internacional de Arte Gaia 2017. Até 30 de Setembro, podem apreciar-se 31 obras de Artistas pela Paz, incluindo pintura, escultura e fotografia. Esta exposição, de que são curadoras Ilda Figueiredo e Mirene, surgiu no âmbito da promoção da Cultura pela Paz, e resultou de uma parceria que o CPPC desenvolveu com Artistas de Gaia – Cooperativa Cultural.

    Os artistas participantes são: Agostinho Santos, Ana Maria, António Fernando, Celeste Ferreira, Céu Costa, Cipriano Oquiniame, Do Carmo Vieira, Egídio Santos, Evelina Oliveira, Fernanda Boas, Filipe Rodrigues, Gérard Morla, Helena Fortunato, Henrique do Vale, Humberto Nelson, Isabel Lhano, João Carqueijeiro, José Rosinhas, Júlia Pintão, Liseta Amaral, Mami Higuchi, Maria Rosas, Mirene, Otília Santos, Paulo Neves, Ricardo de Campos, Rosa Amaral, Rosa Bela Cruz, Rui da Graça, Rui Ferro e Susana Bravo.
    Entretanto, está previsto realizar no local da exposição um debate sobre a Paz no final da tarde de 7 de Setembro.

  • O CPPC realizou no passado sábado, uma Assembleia da Paz onde foram aprovados o Relatório de actividades e a conta de gestão relativos ao ano de 2016.

    Após a Assembleia houve um momento de discussão e análise da actualidade internacional, com a intervenção de várias organizações e activistas presentes, onde ficou sublinhada a necessidade de fortalecer o movimento e a luta pela Paz, ao qual se seguiu um animado almoço convívio.


  • Na passada quinta-feira, dia 11 de Setembro, foi celebrado um protocolo de cooperação entre o CPPC e Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, tendo este sido assinado, pelo Ex.mo Sr. Vereador da Cultura Dr. Ricardo Honório, em representação do Ex.mo Sr. presidente da Câmara, Dr. Fernando Freire, e pela Presidente da Direcção Nacional do CPPC, Ilda Figueiredo.

    Este protocolo enquadra a cooperação, entre as duas entidades, em torno do projecto “Os 100 anos da Grande Guerra e a Luta pela Paz” tendo em conta que foi neste município que decorreu grande parte do treino militar do Contingente Expedicionário Português, que participou na I Guerra Mundial, e o seu interesse na defesa da Paz e em projectos de Educação para a Paz.

    Neste projecto estão envolvidos, ainda, outros dois municípios, o de Constância e o de Loures com os quais foram já assinados protocolos de cooperação semelhantes.

    No âmbito do projecto, estão previstas, a elaboração de painéis e outros materiais para uma exposição sobre o tema acima referido, a participação em conferências e debates, outras acções e iniciativas na defesa da Paz e da Cooperação entre os povos e a promoção de acções de “Educação para a Paz”.

    Nesta ocasião o CPPC entregou, também, um exemplar da exposição "Construir a Paz com os Valores de Abril" ao município.

  • No passado Sábado, dia 28 de Março em Aveiro, o Conselho Português para a Paz e Cooperação e a Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura Recreio e Desporto assinaram um protocolo de cooperação mútua no desenvolvimento de actividades ligadas à sensibilização, defesa e promoção do Associativismo e da Paz.

     

  • Com a presença de duas dezenas de ativistas da paz do núcleo de Beja do CPPC, teve lugar nesta cidade no passado sábado dia 2 de março um jantar debate sobre a luta pelo desarmamento nuclear, e a divulgação da petição “Pela assinatura por parte de Portugal do tratado de proibição de armas nucleares.

    Na sua intervenção, Armando Farias, membro da Direcção Nacional do CPPC, sublinhou quanto é importante o envolvimento de todos nesta importante batalha de luta pela paz, falou dos perigos que atual situação mundial comporta, mas que com mobilização e determinação conseguiremos os objetivos porque lutamos.

    Durante a sessão foram também divulgados o último boletim noticias da paz e o livro recentemente editado pelo CPPC “Décadas de lutas pela Paz”.

  • A Paz é possível! Todos pela Paz!

    A Direcção do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) saúda, neste final de ano, todos aqueles e aquelas que, ao longo de 2015, colaboraram na defesa e promoção da paz, na denúncia do militarismo e da guerra, na solidariedade com os povos de todo o mundo, particularmente com os povos vítimas de agressão.

    Foi um ano de muitas actividades que só foram possíveis com a participação generosa dos aderentes e amigos do CPPC, de que destacamos: a campanha “Pela Paz! Contra os exercícios militares da Nato!”, que exigiu a dissolução deste bloco político militar, a inauguração de uma terceira exposição assinalando o fim da Segunda Guerra Mundial intitulada “Celebrar a vitória, defender a Paz” que se juntou às duas anteriores com os lemas “Construir a Paz com os valores de Abril”, assinalando o 40º aniversário da Revolução de Abril, e “100 da Grande Guerra e a luta pela Paz”, as acções em torno do Apelo de Estocolmo e do 65º aniversário da criação do Conselho Mundial da Paz, diversas acções de solidariedade, sobretudo com os povos da Palestina, da Síria, e os refugiados, com a Frente Polisário e o povo saraui, com a República Bolivariana da Venezuela e com Cuba, entre muitas outras.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação esteve presente, através da presidente da direcção, Ilda Figueiredo, em actividades que a Câmara Municipal de Braga realizou, no âmbito do Movimento Municípios pela Paz, assinalando o Dia Internacional do Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz. Efeméride comemorada pela ONU a 6 de Abril.

    A celebração desta data incluiu uma aula do programa desportivo municipal – BragActiva, que juntou os vários utentes dos vários pólos de actividade, numa Mega Aula.

    Ilda Figueiredo e a vereadora Sameiro Araújo explicaram aos atletas e munícipes presentes a importância da iniciativa. Realizou-se também um colóquio sobre o mesmo tema.

  • 21 de Setembro Dia Internacional da Paz

    Biblioteca Ary dos Santos 15h30

    No dia 21 Gustavo Carneiro, da Direcção Nacional do CPPC, promoverá uma reflexão sobre a Paz, inserida no ciclo "Reflexões", uma iniciativa da Câmara Municipal de Loures que pretende levar os jovens, das escolas secundárias, a refletir e a debater assuntos prementes da sociedade, fortalecendo a sua consciência cultural e pensamento crítico.

  • ciclo cinema pela paz 2 20180801 1005252536

  • ciclo cinema pela paz 1 20180801 1521265430

  • reuniao das organizacoes membro do conselho mundial da paz cmp da regiao europa 2 20180704 1487007437

    Realizou-se no passado dia 26 de Maio, na biblioteca Marx, em Londres, uma reunião das organizações membro do Conselho Mundial da Paz (CMP) da Região Europa. A reunião, dirigida pelo CPPC, enquanto coordenador regional do CMP foi calorosamente acolhida pela Assembleia da Paz Britânica e contou, ainda, com a participação das seguintes organizações membro do CMP da Europa, Aliança para a Paz e Neutralidade da Irlanda, Associação de Paz da Turquia, Comité Grego para a o Desanuviamento Internacional e a Paz, Conselho da Paz Alemão, Conselho da Paz Checo, Conselho da Paz do Chipre, Fórum de Belgrado para um Mundo de Iguais, INTAL Bélgica, Movimento da Paz Suíço, e de outras organizações.

    Nesta reunião foram abordadas a situação actual e perspectivadas acções a nível Europeu para implementar as linhas orientadoras definidas pela Assembleia Mundial da Paz e pelo Comité Executivo do CMP. Nomeadamente acções contra a NATO no âmbito da sua cimeira a realizar em Bruxelas em Julho deste ano.

  • Nos dias 28, 29 e 30 de Julho realizou-se o Acampamento pela Paz, organizado pelo Comité Nacional Preparatório de Portugal (CNP), para o 19.º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes (FMJE), que realizar-se-á em Soshi (Rússia), de 14 a 22 de Outubro de 2017. O CPPC é uma das organizações membro do CNP.

    Este ano, de regresso à cidade de Évora, o Acampamento pela Paz recebeu cerca de três centenas de jovens que se uniram em torno dos valores da Paz e da luta pelos direitos da juventude, num espaço de alegria e fraternidade, onde tiveram a oportunidade de participar em diversas actividades, desde oficinas relacionadas com sustentabilidade, energia, produção alimentar e desigualdades a nível mundial, uma visita à cidade, várias actividades desportivas, concertos, pintura de mural, culminando com um desfile pela Paz.

  • Realizou-se ontem, dia 28 de Janeiro, na Casa do Alentejo em Lisboa o Colóquio "A Situação Internacional e a Luta pela Paz".

    Na iniciativa que contou com grande participação do público e com as intervenções dos quatro oradores, Ilda Figueiredo (Presidente da Direcção Nacional do CPPC), Carlos Almeida (Investigador), José Goulão (Jornalista) e Pedro Pezarat Correia (Major General na reserva), foi chamada a atenção para a complexidade e volatilidade da situação internacional actual e sublinhada a urgência da luta pela Paz.

     

  •  

    Realizou-se ontem, no Clube dos Fenianos Portuenses, no Porto, o colóquio "A situação internacional e a luta pela paz", promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação. A iniciativa contou contou com a participação de José António Gomes, Luís Humberto Marcos, Vítor Pinto Basto e Ilda Figueiredo. Estiveram presentes cerca de 60 pessoas.

    Leia algumas das intervenções: