Outras Notícias

solidariedade

  • A 29 de Novembro assinala-se o Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestiniano. Este dia foi declarado pelas Nações Unidas para assinalar a aprovação da Resolução 181 pela sua Assembleia-geral, que em 1947 apontou a criação de dois Estados no território da Palestina.

    Quase 70 anos passados, só o Estado de Israel existe. O Povo palestiniano não só continua privado do seu Estado soberano, independente e viável como enfrenta diariamente a violência da ocupação israelita.

    Desrespeitando resoluções e normas do direito internacional, Israel continua na estender a ocupação do território palestiniano, através da construção de colonatos, do «Muro de Separação», da instalação de postos de controlo militares e de vias de comunicação para uso restrito de militares e colonos israelitas.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação associa-se à Jornada Mundial de Solidariedade para exigir o fim das mortes dos refugiados e de imigrantes no Mediterrâneo e apela à participação na concentração, promovida pela CGTP-IN, para o dia 19 de Junho, às 18 horas, na Rua do Carmo, em Lisboa, para que se pare esta tragédia no Mediterrâneo, agora!

  • O CPPC participará na concentração nacional convocada pela CGTP-IN para o próximo dia 25 de Julho em Lisboa, sendo o ponto de encontro o Jardim de São Pedro de Alcântara pelas 10h.

    Com a sua participação o CPPC expressará a sua solidariedade, com o povo palestino, exigindo o fim da actual agressão militar e o fim da prolongada agressão que é a ocupação da Palestina e juntará, uma vez mais, a sua voz aos que agem contra a injustiça, a exploração e o empobrecimento, pelo emprego, a saúde, a educação e a segurança social digna, por mudanças de políticas que, retomando os caminhos da Revolução de Abril, caminhos de liberdade, de democracia, de soberania nacional, de progresso social e económico, de cultura e de paz, respondam aos graves problemas com que o nosso País e o nosso povo se confrontam.

  • Pelo fim imediato da agressão israelita ao povo palestino!

    Assina e divulga!

    http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT74233

     

  • A presidente do Conselho Mundial da Paz (CMP), Socorro Gomes, emitiu uma nota de solidariedade ao povo venezuelano na passada sexta-feira (30 de Junho), perante a intensificação da tentativa golpista no país e à inflamada retórica imperialista contra a Venezuela. Socorro Gomes reafirmou o apoio do CMP à defesa da soberania nacional e à resistência contra a ingerência estrangeira, que tem apoiado e promovido os avanços das forças reacionárias no país, culminando nos recentes ataques a dois edifícios governamentais, a 27 de Junho.

  • A presidente do Conselho Mundial da Paz, Socorro Gomes, emitiu uma declaração nesta segunda-feira (31) e enviou felicitações ao governo bolivariano da Venezuela pelo êxito da eleição para a Assembleia Nacional Constituinte.

    “Saudamos o povo venezuelano pela vitória na eleição da Assembleia Nacional Constituinte

    É com alegria e confiança que recebemos a notícia dos resultados das eleições democráticas na Venezuela para a composição da Assembleia Nacional Constituinte, convocada de forma legítima e soberana. Estamos seguros de que este magnífico resultado cria melhores condições para restabelecer a paz no país e alcançar a estabilidade política. Igualmente, dá mais força ao povo venezuelano e ao governo bolivariano para resistir à ingerência imperialista dos Estados Unidos e seus aliados e aos intentos golpistas da oligarquia reacionária e antipatriótica.

  • respeitar a soberania e a vontade do povo venezuelano 1 20180527 1139991019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) saúda o povo venezuelano pela importante demonstração de soberania e patriotismo dada no passado domingo, 20 de Maio, nas eleições presidenciais onde votaram cerca de metade dos cidadãos eleitores (48%), tendo Nicolás Maduro obtido 68% dos votos expressos.

    Perante a conspiração e as ameaças externas e internas, o povo venezuelano mostrou a sua determinação em prosseguir, soberana e democraticamente, o caminho que livremente escolheu: da paz, do progresso social, da cooperação com todos os povos, nomeadamente os da América Latina.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação congratula-se com mais uma importante vitória de Cuba na Assembleia–Geral da ONU na luta contra o bloqueio económico que o governo dos EUA continua a impor aos cubanos e ao Mundo, dado o seu carácter extra-territorial. Foi no passado dia 28 de Outubro que, mais uma vez, com 188 votos a favor, e pela vigésima terceira vez consecutiva, a Assembleia-Geral das Nações Unidas solicitou aos Estados Unidos da América que ponha fim ao bloqueio económico, comercial e financeiro contra Cuba.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) saúda calorosamente o povo venezuelano pela sua participação massiva nas eleições do passado domingo para a Assembleia Nacional Constituinte, que constituiu uma vibrante demonstração da sua vontade em prosseguir e aprofundar o rumo de progresso, justiça social e soberania protagonizado nos últimos 18 anos.

    Esta que foi a mais expressiva votação de sempre a favor da Revolução Bolivariana, com mais de oito milhões de votos, tem um significado ainda maior no quadro concreto em que as eleições foram realizadas, marcado pela violência perpetrada por grupos de extrema-direita ligados à oligarquia e aos EUA (que procuraram impedir a votação), pela não menos violenta campanha mediática, que continua, e pelas poderosas pressões externas, protagonizadas sobretudo pelos EUA, mas também por países da região, como a Colômbia, o Brasil, a Argentina, e pela União Europeia.

  •  

    No quadro dos recentes acontecimentos na Venezuela e da Semana Mundial de Solidariedade com a Revolução Bolivariana a assinalar de 1 a 8 de Março, o CPPC, a CGTP e a AAPC colocaram à subscrição das organizações portuguesas o seguinte texto:

    Solidariedade com a Revolução Bolivariana

  •  

    Por decisão da Assembleia Geral da ONU, o ano 2014 é o Ano Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino. Também por decisão da Assembleia Geral da ONU, todos os anos celebra-se, a 29 de Novembro, o Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino. O dia foi escolhido, em 1977, porque nesse mesmo dia, em 1947, a Assembleia Geral da ONU havia aprovado a Resolução 181 sobre a Partilha da Palestina, decretando a criação de dois Estados no território histórico da Palestina. O Estado de Israel foi criado logo no ano seguinte, com uma declaração unilateral e uma campanha planeada de violência e de terror que se traduziu numa autêntica limpeza étnica da população palestina. Mas o prometido Estado da Palestina aguarda ainda hoje, 67 anos volvidos, a sua concretização.

  •  

    Excelentíssimo Senhor Embaixador da Palestina
    Estimados Representantes de Organizações Palestinas
    Sr. Deputado Bruno Dias
    Srª Deputada Catarina Marcelino
    Sr. Vice Presidente da Câmara Municipal de Almada
    Estimados Companheiros da CGTP-IN, do MPPM e do CPPC e outras organizações aqui presentes

    Caros Amigos,
    Em nome do Conselho Português para a Paz e Cooperação uma saudação calorosa a todos os participantes neste Seminário que se insere na proclamação pelas Nações Unidas de - 2014 - Ano Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino.

  • Estimados Representantes de Organizações Palestina
    Excelentíssimos convidados

    Cumpre-me fazer o encerramento deste Seminário, tarefa difícil face à excelência das intervenções e comunicações aqui trazidas pelos ilustres conferencistas que ao longo do dia nos honraram com a sua presença.

    As minhas primeiras palavras vão para a Câmara Municipal de Almada, a quem, felicito por acolher esta iniciativa inserida na luta que os povos amantes da Paz travam, sem esmorecimento, há décadas, pelo direito do povo palestino a um Estado independente e soberano dentro das fronteiras de 1967 e com Jerusalém leste como capital.

  • sessao de solidariedade com a america latina 1 20180527 1874026214

    O CPPC promove na quinta-feira, 7 de Junho, às 18 horas, na Casa do Alentejo, uma sessão de solidariedade com os povos da América Latina. Participam Ilda Figueiredo, presidente da direcção nacional do CPPC, Augusto Fidalgo, da Associação de Amizade Portugal-Cuba, e Luís Carapinha, também do CPPC.

  • sessao de solidariedade com a palestina 1 20180516 1034045222

  • cartaz palestina cuba 1 20140828 1316969723

    30 de Agosto

    "Taberna do Arrufa" - Cuba - Beja

    com a participação do Comandante António Lara Cardoso
    (membro da direcção nacional do CPPC).

    Participa!