Outras Notícias

Liberdade para os patriotas cubanos

Liberdade para os patriotas cubanos
Há 15 anos injusta e desumanamente presos nos EUA
 
O Conselho Português para a Paz e Cooperação associa-se aos cidadãos de todo o Mundo que hoje, dia 12 de Setembro de 2013, fazem questão de não deixar esquecer a enorme injustiça e sacrifício imposto aos cinco heróis cubanos presos nos Estados Unidos da América, ao longo dos últimos 15 anos.
 
Estes 5 patriotas cubanos, acusados de “conspiração por cometer espionagem”, condenados a penas que vão de 15 anos de prisão até duas prisões perpétuas, encontravam-se nos EUA a investigar uma rede terrorista que executava ataques contra a população cubana, a partir do território daquele país.
Ler mais...

Concentração - Libertação imediata dos 5 heróis cubanos!

Concentração
 
Libertação imediata dos 5 heróis cubanos!
 
12 de Setembro - 18h30
 
Largo Camões, Lisboa
 
"No próximo dia 12 de Setembro cumprem-se 15 anos desde a injusta e desumana prisão dos cinco herois cubanos, cujo único acto foi o de procurar desmascarar os planos de organizações terroristas, sediadas em Miami, as quais pretendiam e pretendem destruir e desestabilizar Cuba.
Ler mais...

Solidariedade com o povo paraguaio

O CPPC condena o autêntico golpe de estado institucional que depôs o Presidente do Paraguai, Fernando Lugo, eleito democraticamente pelo seu povo, e considera que o governo português deve ter uma posição firme de não reconhecimento do governo golpista, a exemplo do que fizeram outros governos, designadamente na América Latina.
 
O CPPC solidariza-se com a resistência do povo paraguaio, bem evidenciada na resistência às pressões e ameaças do poder golpista contra a estação de televisão pública do Paraguai e seus trabalhadores, na certeza de que o povo paraguaio saberá repor a legalidade democrática e impedir o retrocesso das conquistas democráticas e sociais do país.

Ler mais...

40 anos do golpe fascista no Chile


Não esquecemos o 11 de Setembro no Chile!
 
Homenagem aos que tombaram na defesa da liberdade e da democracia
 
Há 40 anos, no dia 11 de Setembro de 1973, o povo e a democracia do Chile foram alvo de uma das maiores e mais violentas agressões do capitalismo. O governo de Unidade Popular e o seu Presidente, Salvador Allende, eleito em eleições democráticas, foram derrubados por um golpe militar fascista encabeçado por Augusto Pinochet, que se revelou como um cruel ditador e se autoproclamou presidente, contando sempre com o apoio dos EUA e da CIA.
Ler mais...

Solidariedade com o povo da Venezuela

No momento em que se aproximam as eleições presidenciais na Venezuela, e considerando este um momento de grande importância, não só para o povo venezuelano, mas para toda a América Latina o CPPC enviou a seguinte carta ao Sr. Embaixador da República Bolivariana da Venezuela em Portugal:

Senhor Embaixador da República Bolivariana da Venezuela
 
O povo português, mau grado as dificuldades económicas que hoje o país atravessa – geradas por logros de política interna praticados ao arrepio da Constituição de República e pela gula sem limites do capital apátrida – mantém-se fiel aos princípios e ideais da Revolução de Abril de 1974 que colocaram Portugal nos caminhos do Progresso, da Justiça Social e da Solidariedade com todos os povos da Terra, dando continuidade à luta sem tréguas pela sua concretização.
 
É neste contexto que o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), interpretando o sentimento e o crer do povo português, manifesto na sua Constituição, vem, na pessoa de V. Exa, expressar ao povo da República Bolivariana da Venezuela o seu mais veemente desejo que as eleições de 7 de Outubro sejam mais um passo na transformação progressista e na concretização de um futuro melhor para os Venezuelanos, para a América Latina e para o Mundo.
 
A Direcção do CPPC