Outras Notícias

Defender a Paz! Não à agressão à Síria

Perante a ameaça de uma escalada da agressão e de um ataque directo por parte dos EUA e seus aliados contra o povo sírio. o Conselho Português para a Paz e Cooperação, considerando que os amantes da Paz não podem deixar de fazer ouvir a sua voz e tentar impedir mais esta agressão, colocou à consideração das organizações portuguesas a subscrição do seguinte texto:

"Defender a paz! Não à agressão à Síria!

Com o pretexto, sem que tenham sido apurados factos, de que o governo Sírio terá usado armas químicas contra a sua população, os EUA, a França, o Reino Unido, a NATO e os seus aliados na região, tentam manipular a opinião pública para justificar mais um salto qualitativo na sua agressão à Síria.

Ler mais...

Sobre a alegada utilização de armas químicas na Síria

A direcção nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação expressa a sua preocupação com a mais recente proliferação de relatos sobre eventuais usos de armas químicas na Síria e manifesta a fraternal solidariedade com o povo sírio que enfrenta uma grave e prolongada situação de agressão.

Usando esse argumento como pretexto, as ameaças contra a Síria voltaram a subir de tom por parte dos mesmos que alimentam este conflito e tentam dividir o povo sírio, o que relembra a campanha internacional de mentiras, que foi desenvolvida contra o Iraque e a sua possível posse e utilização de armas de destruição massiva, para justificar a sua invasão pelos EUA e seus aliados.

Ler mais...