sim a paz nao a nato porto 2018 1 20180714 1145256854

Decorreu no centro do Porto, no final da tarde de 12 de Julho, mais uma iniciativa inserida na campanha "Sim à Paz! Não à NATO!" promovida por mais de 40 organizações que subscrevem a campanha e que já realizaram muitas outras iniciativas em diversas cidades do país.

Nesta iniciativa denunciaram-se os objectivos belicistas da NATO, bem patentes nas conclusões da Cimeira de Bruxelas, que apontam para o reforço do militarismo e o aumento das despesas militares, protestou-se contra a posição do governo português de se comprometer cada vez mais com esse bloco político militar ao serviço do imperialismo dos EUA e dos seus aliados, designadamente da União Europeia, que se apresenta como o pilar europeu da NATO. Foi particularmente denunciado o compromisso do primeiro-ministro português de aumentar as despesas militares ligadas à NATO, quando se sabe que Portugal é um dos países membros da NATO com maior percentagem do seu PIB em despesas com a política de defesa ligada à NATO nos próximos orçamentos de estado, embora continue com grandes carências de investimento público, designadamente nas áreas da saúde, da educação, da segurança social e da habitação.
Neste acto público, que incluiu também distribuição de documentos, intervieram representantes do CPPC, da USP/CGTP, do MDM e da Associação de Estudantes da Escola Secundária Aurélia de Sousa.