Outras Notícias

Pela Paz! Não à NATO!

O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) realizou hoje, dia 29 de Agosto, em Lisboa, uma jornada de luta contra a NATO.

No âmbito da realização de mais uma cimeira da NATO, nos próximos dias 4 e 5 de Setembro no País de Gales, o CPPC, desenvolveu hoje, uma acção de contacto e sensibilização para os objectivos desta organização agressiva,tendo sido distribuídos milhares de documentos, no interface de transportes públicos do Cais do Sodré, e a propósito da presença de um submarino nuclear norte-americano no estuário do Tejo, activistas da Paz efectuaram um acto simbólico de protesto em Belém, junto ao Padrão dos Descobrimentos e com uma embarcação no rio.

 

Pela Paz é preciso dizer não à NATO!

 

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) realiza, a 4 e 5 de Setembro, uma cimeira no País de Gales (Reino Unido), num quadro internacional em que se multiplicam as situações de conflito – a generalidade das quais com o seu envolvimento directo ou indirecto - e onde, em consequência, crescem a insegurança e a instabilidade.

A NATO anuncia como temas centrais da sua cimeira a continuação da sua presença militar no Afeganistão – através de uma dita missão de “não combate” –, o aumento dos orçamentos militares dos seus países membro para, pelo menos, 2% do PIB, apontando o objectivo de fortalecer as suas capacidades militares, continuando a corrida armamentista, para assegurar o seu intervencionismo militarista à escala planetária.

Ler mais...

Hiroshima e Nagasaki: um dos mais vis atentados à humanidade

Nos dias 6 e 9 de Agosto assinalam-se 69 anos do lançamento, pelos Estados Unidos da América, de duas bombas atómicas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki em 1945.

Injustificado do ponto de vista militar, uma vez que o Japão já tinha encetado o processo de capitulação face às Forças Aliadas na II Grande Guerra, este acto foi entendido como uma aterrorizante demonstração de poderio militar por parte dos Estados Unidos da América, então potência mundial emergente, que não se absteve de cometer este violento e cruel massacre de populações civis, que perdura na memória dos povos como uma das maiores barbáries alguma vez cometidas.

Ler mais...

Paz Sim! NATO Não! - 2014

libia bombardeamento nato 1 20140828 1415093492

 

Nos próximos dias 4 e 5 de Setembro, realiza-se no Reino Unido (País de Gales), uma Cimeira da NATO. Num contexto internacional em que se multiplicam conflitos e aumentam a insegurança e a instabilidade, as organizações portuguesas abaixo assinadas, comprometidas com a Paz, a cooperação, o progresso e a justiça social:

Recordam que a NATO é um bloco político-militar de natureza agressiva, criado pelos EUA para inserir países da Europa e de outros continentes nos seus objectivos e estratégia imperialista contra a soberania e os direitos e aspirações dos povos do mundo.


Lembram que em 1949, a NATO contou

Ler mais...

Ucrânia - Não à guerra e ao fascismo! Pela paz e a democracia!

 fim as operacoes de ingerencia externa na ucrania 1 20140219 1524969842

O Conselho Português para a Paz e a Cooperação manifesta a sua extrema preocupação com a escalada militar e o autêntico massacre que as forças armadas ucranianas e grupos paramilitares nazifascistas ao serviço das autoridades golpistas de Kiev estão a levar a cabo no Leste da Ucrânia, nomeadamente em Donetsk e Lugansk.

Centenas de ucranianos foram já mortos e muitos procuraram já refúgio, designadamente na Federação Russa, como consequência das incursões militares e dos bombardeamentos, sem que a chamada «comunidade internacional» os denuncie, condene e faça algo para os impedir. Pelo contrário, a junta golpista de Kiev

Ler mais...