Outras Notícias

Um ano após o ataque à Líbia - travar as novas guerras que se preparam

Cumpre-se um ano do início dos bombardeamentos da NATO à Líbia, que se iniciaram a 19 de Março de 2011 e se prolongaram ininterruptamente por sete meses.

Tratou-se de uma agressão externa, brutal e ilegítima, que provocou a morte de dezenas de milhares de pessoas, uma autêntica barbárie e catástrofe humanitária e a destruição de inúmeras infra-estruturas económicas e sociais do povo líbio.

Uma agressão que, levada a cabo a coberto da falsa intenção da «defesa dos civis» e dos «direitos humanos» e inaceitavelmente branqueada pelo Conselho de Segurança da ONU, mais não foi do que uma forma de os EUA e as potências da União Europeia substituírem um governo que mantinha uma relativa independência do seu país por outro a eles submetido.

Ler mais...