Outras Notícias

Exposição fotográfica "Refugiados", de Frank Kopperschlager

exposicao fotografica refugiados de frank kopperschlager 1 20180616 1995108508

O CPPC, com o apoio da Associação Re-Criativa República 14 e da Taberna do Armazém do Carmo, promove a exposição fotográfica "Refugiados", de Frank Kopperschlager, que estará patente entre 20 de Junho e 4 de Julho no espaço da associação, em Olhão. A inauguração é às 19 horas do próximo dia 20.

A exposição é composta por 16 fotografias, das ruas de Berlim, onde estavam centenas de refugiados chegados àquele país, abandonados à sua sorte, sem qualquer tipo de apoio do governo. A população alemã começou a apoiar estes refugiados, levando-lhes, tendas, resguardos, roupa, comida, medicamentos, e outros bens de primeira necessidade.

Depois formou-se um movimento de vários grupos de intelectuais e associações recreativas, que procuraram através das artes dar algum "alento" a estas pessoas, enquanto ONGs criavam algumas condições para fornecer alimentação a todos os que lá se encontravam.
Num terceiro momento a população começou a fazer manifestações, bloqueios, concentrações, exigindo das entidades oficiais uma resposta digna para todos aqueles refugiados.
Estas fotografias retratam alguns desses momentos vividos em Berlim.

O CPPC participou na manifestação nacional da CGTP-IN

cppc participou na manifestacao nacional da cgtp in 1 20180616 1831009958

O CPPC participou na manifestação nacional da CGTP-IN realizada no sábado, 9 de Junho, em Lisboa, afirmando a sua oposição à NATO e aos objectivos belicistas da cimeira que esta realiza no próximo mês de Julho em Bruxelas. Os activistas do CPPC recolheram ainda centenas de assinaturas para a petição que exige das autoridades portuguesas a adesão ao Tratado de Proibição de Armas Nucleares.

No Chipre, milhares marcharam pela paz

 no chipre milhares marcharam pela paz 1 20180616 1115287356

O Conselho Português para a Paz e Cooperação, participou, no passado dia 10 de Junho, na Marcha Pancipriota pela Paz organizada pelo Conselho da Paz do Chipre.

A marcha tinha como objectivo a defesa da paz, a denúncia das guerras imperialistas, a recusa da utilização das bases britânicas na ilha para agredir os povos do Médio Oriente, a exigência da retirada de todas as forças militares estrangeiras do Chipre, incluindo as forças de ocupação turcas, o desmantelamento das bases britânicas e a dissolução da NATO. Exigindo paz para o Chipre e o mundo.

Ler mais...

Na Covilhã, centenas de estudantes marcharam pela PAZ!

na covilha centenas de estudantes marcharam pela paz 1 20180610 1813935373

Os alunos do Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto saíram à rua esta quarta-feira numa Marcha pela Paz. A iniciativa foi promovida por aquele estabelecimento de ensino e contou com o apoio e participação do Conselho Português para a Paz e a Cooperação (CPPC). A acção decorreu em simultâneo nas três escolas que compõem aquele agrupamento: na cidade da Covilhã e nas freguesias de Tortosendo e Paúl. Nos dias que precederam a Marcha, os alunos realizaram diversas actividades escolares relacionadas com o tema da educação para a paz. No final da Marcha, em que também participaram professores e encarregados de educação, foi inaugurado um mural, junto ao edifício – sede do agrupamento escolar, pintado pelos próprios alunos, com mensagens alusivas aos valores da paz, da cooperação, da igualdade, da tolerância e amizade com todos os povos do mundo.

Ler mais...