Outras Notícias

Concerto pela Paz | Gaia 2019

concerto pela paz gaia 2019 1 20190329 1294096654

Foi um êxito o quarto Concerto pela Paz que o Conselho para a Paz e Cooperação (CPPC) organizou no Auditório Municipal de Gaia, no passado dia 22 de Março, com apoio da Câmara Municipal e da Federação das Colectividades de Vila Nova de Gaia.

Pelo palco, passou o canto das crianças e jovens do Coro da Orquestra Juvenil de Gaia, dirigido por Luisa Castro; ouviu-se a música da Orquestra Ligeira de Avintes e os solistas Vera Mesquita (soprano) e João Robalinho (barítono), dirigidos pelo professor e maestro Rufino Moura; o Ginasiano, que encantou com a dança, em três variações, do clássico Deus dourado, de D.Quixote e o Dueto do Festival das Flores, interpretados por alunos do Curso Artístico de Dança; os poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen, poeta comprometida com o mundo, que, no contexto do centenário do seu nascimento, foram lidos pelas actrizes Alzira Santos, Dina Fonseca e Andreia Rocha, da associação Ilha Mágica. Seguiu-se uma intervenção da Classe de Percussão da Escola de Música de Perosinho, do Professor Hugo Vieira, usando o papel, e a terminar, o grupo de Danças Andinas, INTICHASKI, encantou a assistência numerosa, onde não faltou a encenação de um belo texto lido pelo ator David Cardoso.

A atriz Rebeca Cunha apresentou o Concerto pela Paz e leu o poema Ode à Paz, de Natália Correia, e Ilda Figueiredo, presidente da direção do CPPC agradeceu a generosidade dos artistas, escolas e associações que participaram, da CM de Gaia e da Federação das coletividades que apoiaram, explicou algumas atividades do CPPC em Gaia, reafirmou a importância da defesa da Paz, dizendo não às agressões e violências que põem em causa o direito dos povos à felicidade e à Paz e proclamou com o público, em uníssono, " Sim à Paz ! Não à guerra!

Debate: A Mulher e a Paz

debate a mulher e a paz 1 20190329 1545051645

No dia 8 de Março - Dia Internacional da Mulher - o Sindicato dos Professores do Centro realizou um debate sobre " A Mulher e a Paz", na Escola Secundária Avelar Brotero, em Coimbra, que teve a participação de Ilda Figueiredo, presidente do direção do CPPC e de Isabel Melo, em representação do MDM.

O debate foi muito participado e ali se debateram os principais conflitos, agressões, ingerências externas e guerras que têm posto em causa a paz em muitas regiões do mundo com todo o sofrimento e as tragédias que têm afetado milhões de mulheres e crianças. Foram dados exemplos, incluindo a Palestina, a Síria, o Iraque, o Sara Ocidental, a Venezuela entre outros.

Destacou-se o importante papel das mulheres na defesa da paz, questão essencial para o desenvolvimento e progresso social e para o respeito dos direitos e da dignidade das mulheres, referindo-se a Constituição da República Portuguesa e a Carta das Nações Unidas.

Manifestação Nacional de Mulheres | Lisboa 2019

 manifestacao nacional de mulheres lisboa 1 20190314 1408010308

O Conselho Português para a Paz e a Cooperação participou na Manifestação Nacional de Mulheres, “Pela igualdade na vida – o combate do nosso tempo”, organizada pelo MDM.

Defendendo os valores de Abril e da Paz enquanto pilares para um futuro melhor, activistas do CPPC participaram na manifestação e distribuíram centenas de exemplares do mais recente Notícias da Paz.

 

PELA IGUALDADE, DAR MAIS FORÇA À PAZ E AOS VALORES DE ABRIL!

pela igualdade dar mais forca a paz e aos valores de abril 1 20190308 1663517372

O Conselho Português para a Paz e a Cooperação saúda a Manifestação Nacional de Mulheres, “Pela igualdade na vida – o combate do nosso tempo”, organizada pelo MDM, à qual nos juntaremos com a certeza de que os valores de Abril e da Paz são os pilares para um futuro melhor.

A luta das mulheres trava-se, hoje, num quadro mundial complexo, marcado pelo recrudescimento de ameaças, perigos de guerra, aumento da violência, da desigualdade e de valores da extrema-direita, em que a defesa da Paz ganha uma importância central.
Celebrar o 8 março, o Dia Internacional da Mulher, é dar mais força ao combate pelo reconhecimento e efectivação dos direitos das mulheres como integrantes dos direitos consignados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, na Convenção sobre a eliminação de todas as formas de discriminação das mulheres e na Constituição da República Portuguesa.

Apelamos, assim, a todos os amantes da igualdade, do progresso e da Paz, a que participem nesta importante jornada de luta, no próximo dia 9 de março às 14h30m nos Restauradores, em Lisboa.

Todos os que quiserem participar juntamente com o CPPC podem se concentrar junto à faixa do CPPC que estará na placa central dos Restauradores.

8 de Março de 2019
Direcção Nacional do CPPC