Ao final da tarde de dia 21 de Dezembro realizou-se no Porto uma acção de rua de solidariedade com a Palestina. Para além de uma boa participação e da presença nas ruas de muita população, fez-se a distribuição de centenas de documentos. As intervenções estiveram a cargo de Nuno Coelho, em nome da União dos Sindicatos do Porto, Olga Dias, pelo MDM, e Ilda Figueiredo, do CPPC - as três organizações que apoiaram e apelaram à participação neste acto público de repúdio pela posição de Trump/EUA quanto à Palestina. Relativamente ao que deu o mote à iniciativa, as três organizações consideram o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel um ultraje ao povo palestino e uma violação frontal do Direito Internacional.

Tendo por fundo uma grande bandeira da Palestina e uma enorme faixa a pedir liberdade para a Palestina, os intervenientes denunciaram a ocupação e a repressão que Israel exerce sobre o povo palestino, reafirmaram a solidariedade com a Palestina e exigiram a libertação dos presos palestinianos nas cadeias israelitas, o fim do muro da vergonha e dos colonatos, o reconhecimento das fronteiras antes da guerra de 1967, o reconhecimento do Estado da Palestina com capital em Jerusalém oriental e o reconhecimento do direito de regresso dos milhões de refugiados.

Exigiram também das autoridades portuguesas a defesa firme dos direitos do povo da Palestina à liberdade e ao desenvolvimento soberano sem ocupação de Israel. No final gritou-se : Palestina vencerá