Outras Notícias

No Porto manifestou-se a confiança de que a Palestina vencerá!

Ao final da tarde de dia 21 de Dezembro realizou-se no Porto uma acção de rua de solidariedade com a Palestina. Para além de uma boa participação e da presença nas ruas de muita população, fez-se a distribuição de centenas de documentos. As intervenções estiveram a cargo de Nuno Coelho, em nome da União dos Sindicatos do Porto, Olga Dias, pelo MDM, e Ilda Figueiredo, do CPPC - as três organizações que apoiaram e apelaram à participação neste acto público de repúdio pela posição de Trump/EUA quanto à Palestina. Relativamente ao que deu o mote à iniciativa, as três organizações consideram o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel um ultraje ao povo palestino e uma violação frontal do Direito Internacional.

Ler mais...

Sessão em Lisboa constituiu emotivo momento de solidariedade com a Palestina

A Casa do Alentejo, em Lisboa, encheu-se ao final da tarde de dia 20 de Dezembro para uma sessão de solidariedade com a Palestina, promovida pelo CPPC em parceria com a CGTP-IN, o MDM e o MPPM.

O ponto de partida foi a nova provocação dos EUA de reconhecerem Jerusalém como capital de Israel, mas em todas as intervenções se denunciou a longa e brutal ocupação sionista da Palestina e as desumanas violações dos mais elementares direitos humanos que sempre a acompanharam e a cumplicidade dos Estados Unidos.

O CPPC esteve representado por Gustavo Carneiro, da direcção. Pela CGTP-IN interveio o Secretário-geral, Arménio Carlos, pelo MDM Regina Marques e pelo MPPM Carlos Almeida.

Ler mais...

CPPC condena sanções da UE contra a Venezuela

O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) condena as sanções contra a Venezuela aprovadas pela União Europeia no passado dia 13 e denuncia-as como uma violação grosseira do Direito Internacional e um ato de ingerência que mais não visa que procurar agravar a situação política, económica e social naquele país.

Essas sanções surgem após a derrota sofrida pelos setores oposicionistas nas recentes eleições regionais venezuelanas, foram adotadas na sequência de medidas idênticas tomadas pelos EUA e da pressão exercida pela administração norte-americana sobre a UE, com um papel destacado do chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy.

Ler mais...

Núcleo de Almada pintou uma faixa com a inscrição «Palestina vencerá»

O núcleo de Almada do CPPC pintou uma faixa com a inscrição «Palestina vencerá», que será colocada num local de grande visibilidade daquele concelho da Margem Sul do Tejo. Na sua concepção participaram aderentes e amigos do CPPC, entre os quais duas estudantes da Escola Secundária António Gedeão, que estão actualmente a participar no projecto de teatro «Sete Anos, Sete Escolas», da bailarina e coreógrafa Cláudia Dias, precisamente sobre o problema palestiniano.

Não ao bloqueio dos EUA a Cuba

Nova vitória de Cuba na Assembleia Geral da ONU

O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) congratula-se com o voto da Assembleia Geral das Nações Unidas de exigência do fim do bloqueio imposto pelos EUA a Cuba e manifesta a sua solidariedade ao Estado e povo cubanos e reitera a sua confiança na sua vitória.

Mais uma vez, a Assembleia Geral da ONU adoptou no passado dia 1 de novembro uma nova resolução vincando a necessidade de pôr termo ao bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a Cuba. Dos 193 estados membros, 191 votaram a favor e apenas os EUA e Israel votaram contra.

Ler mais...