Outras Notícias

Declaração do CMP sobre a recente intensificação das tensões entre Azerbaijão e Arménia

declaracao do cmp sobre a recente intensificacao das tensoes entre azerbaijao e armenia 1 20200929 1915223998
 
Conselho Mundial da Paz (CMP) apela ao fim de todas as hostilidades entre o Azerbaijão e a Arménia, apelando à resolução pacífica do conflito e repudiando qualquer ingerência.
Leia a seguir:
Declaração do CMP sobre a recente intensificação das tensões entre Azerbaijão e Arménia
O Conselho Mundial da Paz (CMP) expressa sua profunda preocupação pela recente escalada das tensões entre Azerbaijão e Arménia, em disputas transfronteiriças na região de Nagorno-Karabakh, que resultaram em mortos dos dois lados, inclusive civis. Este conflito, originado há mais de 30 anos, é uma questão complicada em que várias potências regionais e globais estão indiretamente envolvidas.
 
O CMP denuncia e condena toda a intervenção estrangeira, seja ela de provocação e intensificação das tensões ou de participação direta ou indireta no próprio conflito, e exige o fim das ações tomadas por certas forças até o momento.
Não é segredo que a área específica e a região mais ampla são do interesse geoestratégico de países poderosos e pelo controlo de recursos energéticos e vias, como se observa no Médio Oriente, Norte de África e no Mar Mediterrâneo oriental.
Ler mais...

75 anos após o bombardeio atómico de Hiroxima e Nagasaki

75 anos apos o bombardeio atomico de hiroxima e nagasaki 1 20200929 1646614253

75 anos após o bombardeio atómico de Hiroxima e Nagasaki
Pela paz
Não à corrida aos armamentos
Eliminação total das armas nucleares
 
75 anos após os bombardeamentos atómicos dos Estados Unidos contra Hiroxima e Nagasaki, as organizações membros do Conselho da Paz Mundial na Europa reafirmam a necessidade de lutar pela paz e acabar com a corrida aos armamentos, e a urgência de eliminar as armas nucleares e outras armas de destruição em massa.
Marcando os 75 anos desde este crime horrendo e no Dia Internacional da ONU para a Eliminação Total das Armas Nucleares (26 de setembro), destacamos a importância do Tratado de Proibição de Armas Nucleares e apelamos aos países que o assinem e ratifiquem.
Os horrores da Segunda Guerra Mundial permanecem na memória dos povos da Europa e do mundo, incluindo o holocausto perpetrado pelos nazis alemães e os bombardeamentos nucleares americanos contra as cidades japonesas de Hiroxima e Nagasaki - ocorridos nos dias 6 e 9 de Agosto de 1945 - sobre um Japão já derrotado e sobre cidades sem qualquer importância militar estratégica, evidenciando que não passava de um crime brutal e do uso da arma atómica como ameaça contra os povos.
Mais de 100 mil mortos causados pelas explosões e muitas outras mortes nos meses seguintes, devido aos ferimentos, mostram a dimensão do crime, que também se reflete nos sobreviventes e seus descendentes, pela ocorrência de malformações e doenças cancerígenas devido à exposição à radiação.
Ler mais...

CPPC em Belgrado nos 20 anos da agressão da NATO

cppc em belgrado nos 20 anos da agressao da nato 2 20190329 1660087904

O Fórum de Belgrado por um Mundo de Iguais, o Clube de Generais e Almirantes da Sérvia e a Sociedade Sérvia de Anfitriões organizaram, sob o lema “Paz e Desenvolvimento Globais vs. Guerra e Dominação”, nos passados dias 22 e 23 de Março, várias importantes iniciativas para assinalar os 20 anos do início dos criminosos bombardeamentos da NATO contra a população da Jugoslávia.

O Conselho Português para a Paz e Cooperação participou nestas iniciativas, tendo intervido no primeiro dia da conferência que reuniu centenas de participantes de todo o mundo, incluindo um número significativo de organizações membro do Conselho Mundial da Paz (CMP) – que nos dias 21 e 24 realizou uma reunião do seu secretariado naquela cidade.

Ler mais...

CMP 70 anos: Diante das ameaças, a luta pela paz se fortalece na unidade

cmp 70 anos diante das ameacas a luta pela paz se fortalece na unidade 1 20190430 1394778533

Divulgamos artigo de Socorro Gomes, presidente do Conselho Mundial da Paz (CMP) a propósito dos 70 anos do CMP.

CMP 70 anos: Diante das ameaças, a luta pela paz se fortalece na unidade

Em 21 de abril, o Conselho Mundial da Paz celebra seus 70 anos de existência. Sempre lutou contra a guerra, denunciou o sistema imperialista e cultivou a solidariedade entre os povos e a unidade com as forças democráticas e amantes da paz. O CMP, as organizações que dele fazem parte e entidades amigas priorizam o fortalecimento da unidade e a amplitude de sua ação para enfrentar as crescentes ameaças, na luta pela paz.

Ler mais...

CPPC em delgação do CMP na Siria

 cppc em delgacao do cmp na siria 1 20181108 1117667468

O Conselho Português para a Paz e Cooperação participou em duas importantes iniciativas realizadas na República Árabe da Síria: a reunião do Comité Executivo do Conselho Mundial da Paz (CMP), nos dias 27 e 28 de Outubro, e numa missão internacional de solidariedade com o povo e a juventude sírios promovida, entre 29 e 31, pelo Conselho Mundial da Paz e a Federação Mundial da Juventude Democrática.

Na reunião do Comité Executivo do CMP, em que participaram 56 delegados em representação de 29 organizações de 28 países, foi aprovado um comunicado no qual se expressa «profunda solidariedade ao povo sírio, que há mais de sete anos enfrenta uma agressão coordenada e sem precedentes dos EUA, NATO, União Europeia e os seus aliados regionais, utilizando os vários grupos terroristas mercenários como instrumentos dos seus planos de controlo da região».

Ler mais...