Outras Notícias

FacebookTwitterRSS Feed

Sim à Paz! Não à NATO!

Sim à Paz! Não à NATO!- Iniciativas por todo o País A campanha «Sim à Paz! N&at...

012

Caro(a) amigo(a),

Como porventura sabe, o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) é a organização que, em Portugal, promove a sensibilização da opinião pública e a mobilização popular no interesse da Paz, da cooperação e da solidariedade entre os povos. Tem ainda a responsabilidade de, no âmbito do Conselho Mundial da Paz, coordenar o movimento da Paz na Europa.

Ao longo da sua existência legal – cumpriram-se no dia 24 de Abril de 2016 quarenta anos em que assumiu personalidade jurídica – o CPPC tem-se mantido fiel à herança do movimento da Paz nascido em Portugal nos anos 50 do século passado, em plena ditadura fascista; com a confiança e a determinação que advêm de ser expressão dos sentimentos mais profundos do povo português, de Paz e cooperação com todos os povos do mundo.

A história do CPPC foi e é, assim, uma construção de muitas e muitos democratas portugueses que, através de várias gerações, têm lutado em prol das liberdades e da Paz.

Quarenta anos passados não podemos, todavia, deixar de atender à melhoria das condições em que se encontra a sede do CPPC. Queremos que seja um local de encontro de democratas amantes da Paz e temos vindo a trabalhar nesse sentido, dentro das (reduzidas) capacidades financeiras de que dispomos.

A par das múltiplas atividades em curso confrontamo-nos, portanto, com a necessidade de reabilitar esse espaço para, designadamente, resolver alguns dos problemas mais críticos que a passagem do tempo naturalmente acabou por criar. O custo estimado dessa reabilitação é de 15.000 euros.

Nesse contexto, a Direção Nacional do CPPC decidiu lançar a campanha “Reabilitar a Sede, Reforçar a luta pela Paz” e apelar à contribuição solidária dos amigos e aderentes do CPPC.

Quem quiser solidarizar-se com esse objetivo pode fazê-lo através de:

  • Transferência para o IBAN PT50 0035 2181 0000 4570 9300 6;
  • Donativo em dinheiro na sede do CPPC.

Junho de 2016,

A Direção Nacional do CPPC.