Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) valoriza as conversações hoje realizadas na zona desmilitarizada de Panmunjom, na Península da Coreia, entre responsáveis da República Popular Democrática da Coreia e da República da Coreia, considerando este diálogo como um importante gesto para a diminuição da tensão na região.

Naquela que foi, em dois anos, a primeira reunião entre delegações dos dois países, foi anunciado que estiveram em debate diversos assuntos de interesse mútuo, como a retomada da comunicação directa entre Pyongyang e Seul ou a participação da RPDC nos Jogos Olímpicos de Inverno que se realizam em breve na Coreia do Sul.

O CPPC reafirma a sua consideração de que os problemas entre as duas partes da Coreia terão que ser resolvidos pelos próprios coreanos, sem ingerências externas, e recorda que a presença militar dos EUA na Coreia do Sul desde a década de 50 do século passado tem constituído um importante factor para obstaculizar a reunificação pacífica do povo coreano.