Outras Notícias

Pôr fim ao massacre!

Uma vez mais, a NATO é responsável pela morte e ferimento de crianças e civis afegãos devido aos seus bombardeamentos.

No passado dia 4 de Abril, o CPPC assinalou o 64.º aniversário da criação da NATO, denunciando que este bloco político-militar não serve quaisquer propósitos de Paz no mundo.

Bem pelo contrário, os seus princípios e a sua actuação desrespeitosa dos mais básicos princípios de Direito Internacional Público e Convenções Internacionais traduzem-se na morte de civis inocentes e na destruição de infra-estruturas básicas à garantia das necessidades mais prementes das populações dos países alvo das suas intervenções.

A NATO é responsável por uma violência inaudita, pela guerra mais brutal, pela violação dos mais elementares direitos humanos, por milhares de mortos e feridos.

Há que parar o seu rasto de destruição e morte.

Há que exigir o fim das suas agressões.
Imagem da Campanha pelo fim da guerra e ocupação do Afeganistão, lançada pelo CPPC em Outubro de 2011.