Outras Notícias

fim a opressao contra o povo palestino fim a impunidade de israel 1 20180817 2082481460

O CPPC condena a contínua violência de Israel contra a população palestina, nomeadamente na Faixa de Gaza, onde as suas forças armadas bombardearam mais de uma centena de locais e voltaram a disparar contra manifestantes da Grande Marcha do Retorno – que se realiza há já 20 semanas consecutivas –, assassinando e ferindo centenas de palestinos em protesto pelo brutal e contínuo desrespeito dos seus direitos, incluindo através da imposição de um cruel bloqueio, por parte das autoridades israelitas.

O CPPC não pode deixar de sublinhar que o comportamento criminoso de Israel, no completo desrespeito pelo direito internacional e os mais básicos direitos humanos, é perpetrado com o apoio dos EUA e a cumplicidade da UE.

O CPPC considera que o Governo português, em consonância com os princípios da Constituição da República Portuguesa e da Carta das Nações Unidas, deve tomar uma posição clara de condenação da agressão e ocupação por parte de Israel e de defesa do direito internacional, dos direitos do povo palestino, nomeadamente do seu direito a um Estado, soberano e independente de acordo com as resoluções da ONU pertinentes, ou seja, um Estado da Palestina com as fronteiras de 1967 e capital em Jerusalém Leste, e o respeito do direito de regresso dos refugiados palestinos, assim como a libertação dos prisioneiros políticos palestinos das prisões israelitas.

Direcção Nacional do CPPC