Outras Notícias

Nos passados dias 22 e 23 de Fevereiro realizaram-se no Algarve diversas iniciativas, envolvendo cerca de 400 pessoas, na sua maioria jovens, de diversas escolas secundárias onde se realizaram debates sobre a actualidade da luta pela Paz.

Em colaboração com o Sindicato dos Professores da Zona Sul e as direcções das Escolas Secundárias de Tavira e Pinheiro e Rosa de Faro, Ilda Figueiredo, presidente da direcção nacional do CPPC participou em debates que abordaram diversas questões da actualidade e assinalaram o 40º aniversário da Constituição da República Portuguesa (CRP), abordando sobretudo o seu artigo 7º, onde se preconiza a defesa da solução pacífica dos conflitos internacionais, da não ingerência nos assuntos internos dos outros Estados e da cooperação com todos os povos para a emancipação e o progresso da humanidade.

Foram também abordadas as graves ameaças à paz mundial, com especial destaque para África e Médio Oriente, o papel da NATO e da União Europeia e a situação dos refugiados, contrapondo a defesa que a CRP faz da abolição imperialismo, do colonialismo e de quaisquer outras formas de agressão, domínio e exploração nas relações entre os povos, bem como o desarmamento geral, simultâneo e controlado, a dissolução dos blocos político-militares e o estabelecimento de um sistema de segurança colectiva, com vista à criação de uma ordem internacional capaz de assegurar a paz e a justiça nas relações entre os povos.

Em colaboração com a Câmara Municipal de Silves realizou-se também um debate na Escola Secundária de Silves onde se deu particular importância à Segunda Guerra Mundial e às suas consequências e se abordou a importância da luta pela Paz.
No Clube Farense, em Faro, cerca de 60 pessoas participaram numa iniciativa cultural, que incluiu a música de José Luis Argain, a poesia de Paulo Moreira da ACTA, a pintura de Catarina Marques e as intervenções de Augusto Miranda, João Martins e Ilda Figueiredo, tendo sido apresentada por Carla Sofia Magalhães do núcleo do Algarve do CPPC.

Em Loulé, renovou-se a assinatura do Protocolo com a Câmara Municipal e programaram-se novas actividades para o mês de Abril.