Outras Notícias

O Conselho Português para a Paz e Cooperação condena, de forma veemente, o ataque terrorista ocorrido em Ancara. O ataque contra uma manifestação pela Paz, vitimou mortalmente cerca de uma centena de pessoas e feriu inúmeras outras.

Seja quem for responsável por este atentado, ele não pode ser desligado das políticas de desestabilização do Médio Oriente, de que o Governo turco tem sido um dos principais promotores e executores, nomeadamente através do apoio que tem prestado a grupos terroristas que actuam na Síria e no Iraque; das acções que tem realizado contra organizações curdas que combatem esses grupos terroristas; e da sua política de crescente violência contra a população turca de origem curda, nomeadamente após a realização das últimas eleições legislativas.

O ataque contra os manifestantes em Ancara serve os interesses dos que querem tentar calar os protestos contra as políticas anti-democráticas e belicistas do Governo turco.

Às vítimas dos atentados em Ancara, aos seus familiares, o CPPC expressa a sua solidariedade.

Direcção Nacional do CPPC

foto: A Mão da Paz (Turquia)