Outras Notícias

O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) expressa a sua solidariedade aos povos das Caraíbas e à população do Sul dos EUA, dramática e profundamente afectados pela passagem dos furacões Irma e Harvey.

Estes violentos fenómenos atmosféricos extremos provocaram a perda de vidas humanas, a destruição de importantes infra-estruturas económicas e sociais, e uma imensa devastação, embora com grau diferenciado, na Antígua, Bahamas, Barbuda, Cuba, Haiti e República Dominicana, Nevis, Saint Kitts e Santa Lucia e ainda no Sul dos Estados Unidos.

O CPPC saúda, e aponta como exemplar, a resposta solidária de Cuba que, muito embora tenha sido um dos países severamente afectados pelos furacões, enviou de imediato mais de sete centenas de médicos para prestar assistência aos outros povos caribenhos.

Esta atitude de pronta e efectiva solidariedade de Cuba não é inédita, a titulo de exemplo, em 2015 e 2016 Cuba enviou numerosos contingentes de médicos para África, aquando dos surtos de Ébola em países deste continente.

A atitude solidária do Governo cubano contrasta com a de outros governos de países economicamente mais poderosos, a começar pelos EUA que gasta somas astronómicas em armamento (600 mil milhões só em 2016) e é sempre muito lesto a enviar militares e a promover a guerra nos quatro cantos do planeta mas que, em casos de catástrofes humanitárias, não dão mostras de solidariedade, nem mesmo para com o seu próprio povo.

Para o CPPC, a solidariedade faz parte do caminho para resolver os grandes problemas da Humanidade, mas para tal é necessário continuar a lutar por uma nova ordem mundial de paz, de respeito pela soberania, de progresso social, de efectiva amizade, cooperação e solidariedade entre os povos – que cumpra efectivamente os princípios consagrados na Carta das Nações Unidas.

O CPPC saúda as iniciativas de solidariedade para com Cuba e os povos das Caraíbas que estão a ser desenvolvidas um pouco por todo o mundo, afirmando a sua disponibilidade e empenho em contribuir para a sua expressão igualmente em Portugal.

Direcção Nacional do CPPC