Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

Decorreu esta sexta-feira, 26 de junho, no Porto, um Encontro de Solidariedade com o Saara Ocidental, promovido pelo núcleo do Porto do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) em que participou o Representante da Frente Polisário em Portugal, Ahamed Fal, e a presidente da Direcção do CPPC, Ilda Figueiredo.

Houve apresentação de um vídeo sobre as agressões das autoridades marroquinas nos territórios ocupados pelo Reino de Marrocos, a luta do povo saaraui, a denúncia das prisões políticas de mais de 50 patriotas saarauis e a situação grave que se vive na região, transformada num autêntico gueto, com o muro da vergonha que Marrocos construiu em torno do Saara Ocidental.

Ilda Figueiredo salientou a actividade que o CPPC tem desenvolvido na denúncia destas situações, dando conta da reunião realizada na Assembleia da República com o Presidente e outros membros da Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesa, o recente abaixo-assinado já subscrito por muitas organizações e a petição que se encontra na página do CPPC, apelando à subscrição de todos.

A campanha vai prosseguir.