Outras Notícias

O Conselho Português para a Paz e cooperação (CPPC) reafirma a sua solidariedade para com o povo venezuelano e as forças patrióticas e democráticas bolivarianas.

O CPPC afirma, uma vez mais, a sua condenação da acção desestabilizadora levada a cabo pelos Estados Unidos e os seus aliados contra a República Bolivariana da Venezuela, promovendo o seu isolamento político, a aplicação de ilegais e inaceitáveis sanções, o bloqueio económico e financeiro e mesmo a ameaça de intervenção militar e o apoio a acções golpistas e terroristas neste país.

Acções contra a Venezuela e o seu povo, intensificadas na sequência da marcação das eleições presidenciais neste país para o próximo dia 20 de Maio, de que são exemplo as graves declarações do Secretário de Estado norte-americano que apelou a um golpe de Estado.

O CPPC exige que se ponha fim ao boicote económico e às sanções contra a República Bolivariana da Venezuela e que cesse toda a qualquer forma de ingerência externa nos assuntos que só aos venezuelanos dizem respeito.

Saudando o Comité de Solidariedade Internacional e Luta pela Paz (COSI) da Venezuela, o CPPC apela à solidariedade para com a República Bolivariana da Venezuela, para com o povo venezuelano e as forças bolivarianas que agem em defesa da paz, da soberania, do desenvolvimento e do progresso da sua pátria.

19 de Abril de 2018 - Dia Mundial de Acção em Solidariedade com a Venezuela

Direcção Nacional do CPPC